El uso de tecnologías en la práctica docente

The use of the technology in teaching practice

O uso de tecnologias na prática docente

  • Sibele da Silva Lange Repenning
  • Marta Rosecler Bez
Palabras clave: technology, teaching practice, education (en_US)
Palabras clave: tecnología, práctica docente, educación (es_ES)
Palabras clave: educação, prática docente, tecnologia (pt_BR)

Resumen (es_ES)

El artículo presenta una investigación realizada a través de un cuestionario aplicado a 30 profesores, con el objetivo general de conocer la comprensión de los profesores con relación al uso de tecnologías, y qué herramientas utilizan en su práctica. Se tomaron como referencia las tecnologías en la Educación, además de los desafíos de la práctica docente. Al fin de la investigación, fue evidenciada la relevancia de capacitaciones para el uso de tecnología, integradas a las prácticas de clase. Actualmente en la Educación, sus mediadores deben comprender la importancia de actualización constante, capaz de absorber, estimular y desarrollar nuevas habilidades, en atención a las nuevas demandas.

Resumen (en_US)

The paper presents an investigation through a questionnaire administered to a sample of 30 teachers, with the overall objective to know which is the understanding of teachers in the use of technology, and what tools used in their practice. Used as a reference technology in education, and the challenges of teaching practice. At the end of the study, the authors
emphasize the importance of training for the use of technology, integrating the classroom practices. Currently in Education, mediators should understand the importance of constant updating, able to absorb, stimulate and develop new skills, in response to new demands

Resumen (pt_BR)

O artigo apresenta uma investigação realizada através de um questionário aplicado para uma amostragem de 30 professores, com o objetivo geral de conhecer qual a compreensão dos professores em relação ao uso de tecnologias, e quais ferramentas utilizam na sua prática. Tomaram-se como referência as tecnologias na Educação, além dos desafios da prática docente. Ao fim da pesquisa, ficou evidenciada a relevância de capacitações para o uso de tecnologia, integrando-se a práticas de sala de aula. Atualmente na Educação, seus mediadores devem compreender a importância de atualização constante, capaz de absorver, estimular e desenvolver novas habilidades, em atendimento às novas demandas.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

S. G. Pimenta e M. I. Almeida (Org.), “Pedagogia universitária: caminhos para a formação de professores”. São Paulo: Cortez, 2011.

Z. P. Cordeiro, “As tecnologias da informação e a prática docente”. 2016, maio. [Online]. Disponível em: http://www.webartigos.com/_resources/files/_modules/article/article_

_201604071044488740.pdf

A. G. Souza e M. C. K. Cunha, “Reflexões sobre a tecnologia educativa e: conceitos e publicações”. Revista Horizontes de Lingüística

Aplicada. vol. 8, no. 1, p. 82-99, 2009. 2016, maio [Online]. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/horizontesla/article/viewFile/2953/2555

R. Parry, “A ascensão da mídia: a história dos meios de comunicação de Gilgamesh ao Google”. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

A. Oliveira e R. Rosa, “TIC aplicadas à educação: usos, apropriações e convergências”. Santa Maria: FACOS/UFSM, 2013.

J. M. Moran, T. M. Masetto e M. A. Behrens, “Novas tecnologias e mediação pedagógica”. 21. ed. rev. e atual. Campinas, SP: Papirus,

M. S. Cortella, “Educação, escola e docência: novos tempos, novas atitudes” São Paulo: Cortez, 2014. p. 57.

V. M. Kenski, “Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação”. Campinas, SP: Papirus, 2007.

C. Valente e J. Mattar, “Second Life e Web 2.0 na educação: o potencial revolucionário das novas tecnologias”. São Paulo: Novatec, 2007.

A. Prado, “Por que os educadores precisam ir além do data show: e como fazer isso”. São Paulo: Geekie, 2016, maio. [Online]. Disponível em: http://jornalnasaladeaula.com.br/_common/dados/arquivosbiblio/POR_QUE_OS_EDUCADORES_PRECISAM_IR_ALEM_DO_DATA_SHOW1.pdf

M. Moore e G. Kearsley, “Educação à distância: sistemas de aprendizagem on-line”. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

A. F. Barbosa, “Pesquisa sobre o uso das tecnólogias de informação e comunicação no Brasil: TIC Educação 2012 = Survey on the use

of information and communication techologies in Brazil: ICT Education 2012”. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2013. p. 200.

C. P. Coutinho e J. B. Bottentuit Junior, “Blog e Wiki: os futuros professores e as ferramentas da Web 2.0. In: SIIE'2007, 14-16 nov.2007”. 2016, maio [Online]. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/7358/1/Com%20SIIE.pdf

J. G. Silva, C. U. Coelho, C. E. C. Molina e A. L. Medeiros, “O uso das tecnologias e a mediação pedagógica na percepção de docentes da

Universidade Federal de Itajubá”. In: Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância, agosto 2014. [Online]. Disponível em: http://esud2014.nute.ufsc.br/anais-esud2014/files/pdf/128071.pdf

M. I. Almeida, “Formação do professor do ensino superior: desafios e políticas institucionais”. São Paulo: Cortez, 2012.

C. M. D. Parente, L. E. Valle e M. J. V. M. Mattos, “A formação de professores e seus desafios frente às mudanças sociais, políticas e tecnológicas”. Porto Alegre: Penso, 2015.

I. C. A. Fazenda, “Didática e interdisciplinariedade”. 17. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

C. T. E. Aquino, “Como aprender: andragogia e as habilidades de aprendizagem”. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

F. Imbernon, “Inovar o ensino e a aprendizagem na Universidade”. São Paulo: Cortez, 2012.

R. A. Silveira e R. C. M. Ferreira Filho, “Ações Institucionais de avaliação e disseminação de tecnologias educacionais”. Porto Alegre, RS:- JSM Comunicação,2011.

R. Duailibi e H. Simonsen Junior, “Criatividade e marketing”. São Paulo: M.Books, 2009.

S. S. L. Repenning, “A transformação no aprendizado a partir do uso do Google Drive, como ferramenta colaborativa”. In: Congresso Internacional de ambientes virtuais de aprendizagem adaptativos e acessivos, 2015.

C. C. Prodanov e E. C. Freitas, “Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico”. Novo Hamburgo: Feevale, 2013. [Online]. Disponível em: https://www.feevale.br/cultura/editora-feevale/metodologia-do-trabalho-cientifico---2-edicao

G . A. Martins e C. R. Theóphilo, “Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas”. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

S. S. L. Repenning, “A transformação no aprendizado a partir do uso do Google Drive, como ferramenta colaborativa”. In: CAVA 2015 - VII

Congresso Internacional de Ambientes Virtuais de Aprendizagem Adaptativos e Acessivos, 2015, Novo Hamburgo. Anais do VII Congresso

Internacional de Ambientes Virtuais de Aprendizagem Adaptativos e Acessivos. Novo Hamburgo: Fundação Escola Técnica Liberato Salzano

Vieira da Cunha, 2015. v. 1. p. 728-734.

Cómo citar
[1]
S. da S. Lange Repenning y M. R. Bez, «El uso de tecnologías en la práctica docente», Rev. vínculos, vol. 13, n.º 1, pp. 17-23, jun. 2016.
Publicado: 2016-06-03
Sección
Investigación y Desarrollo