O Desmatamento na Amazônia Legal Brasileira: Case Região do Cone Sul de Rondônia

Português

Resumen (es_ES)

O Brasil possui a maior floresta tropical do planeta, e em virtude do intenso desmatamento, a quantidade de florestas tem diminuído significativamente ao longo dos anos, dando lugar a diversas formas de uso, como a pecuária, agricultura e centros urbanos, acelerando a dinâmica de mudança na cobertura da terra, principalmente na Amazônia legal brasileira. Desta maneira, este estudo avaliou as mudanças no uso e cobertura da terra, bem como, o avanço do desmatamento na região Cone Sul, estado de Rondônia, com vistas a discutir suas possíveis causas e a efetividade das leis ambientais, cujo foco, consiste em conter o desmatamento. Foram utilizados dados de desmatamento do Programa de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia (PRODES) entre os anos 2000 e 2017, imagens orbitais do sensor TM e OLI, e os dados agropecuários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os resultados mostraram que no período avaliado, mesmo aplicando com rigor as leis ambientais, o desmatamento apresentou um aumento de aproximadamente 20%. Destaca-se que o aumento nas taxas de desmatamento foi constante ao longo dos anos. Entretanto, após a criação do Decreto 6.514/2008 em conjunto com o acordo da moratória da soja e outros programas, observou-se uma redução nos índices de desmatamento anual, evidenciando uma possível efetividade destas medidas em prol da contenção do avanço do desmatamento.

Resumen (en_US)

Brazil has the largest tropical forest on the planet, and due to intense deforestation, the amount of forests has decreased significantly over the years, giving rise to various forms of use, such as livestock, agriculture and urban centers, accelerating the dynamics of land cover change, especially in the Brazilian legal Amazon. Thus, this study evaluated changes in land use and land cover, as well as the advance of deforestation in the Southern Cone region, Rondônia state, with a view to discussing its possible causes and the effectiveness of environmental laws, which focus on contain deforestation. Deforestation data from the Amazon Deforestation Monitoring Program (PRODES) between 2000 and 2017, orbital images of the TM and OLI sensor, and agricultural data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) were used. The results showed that in the period evaluated, even with strict enforcement of environmental laws, deforestation increased by approximately 20%. It is noteworthy that the increase in deforestation rates has been constant over the years. However, after the creation of Decree 6,514 / 2008 together with the agreement on the soy moratorium and other programs, there was a reduction in annual deforestation rates, evidencing a possible effectiveness of these measures to curb the progress of deforestation.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Cómo citar
Ranieli, R. dos A. de S., Valdir, V. M., Silva, G., Thiago, T. B. L., Marcelo, M. V. A. de B., Bárbara, B. L. T., & Jerry, J. A. J. (2020). Português O Desmatamento na Amazônia Legal Brasileira: Case Região do Cone Sul de Rondônia. UD Y La geomática, (15). https://doi.org/10.14483/23448407.16025
Publicado: 2020-08-27
Sección
Artículo de investigación científica y tecnológica