Análise da fragilidade à erosão nos Planossolos do noroeste do pólo de Jeremoabo, bahia

  • Deorgia Tayane Mendes de Souza
  • Diego Pereira Costa
  • Jéssica da Mata Lima
  • Washington Franca-Rocha
Palabras clave: Degradação Ambiental, Modelagem, Solos (es_ES)

Resumen (es_ES)

A análise integrada da paisagem, considerando diferentes aspectos, tais como o grau de declividade, os tipos de vegetação e uso, o tipo de solo e as classes de rochas, a depender das combinações de suas propriedades, permite identificar locais com características de maior ou menor grau de fragilidade à erosão. O presente trabalho possui como objetivo principal integrar as referidas variáveis em ambiente SIG para gerar um modelo de fragilidade à erosão dos PLANOSSOLOS localizados nos municípios de Chorrochó, Macururé e Rodelas, situados na porção Noroeste do Pólo de Jeremoabo, no estado da Bahia (Brasil). A modelagem realizada consistiu na integração dos dados usando o método index overlay com mapas multiclassificados. Obteve-se como resultado desta modelagem a indicação e quantificação em mapa de áreas com diferentes graus de fragilidade à erosão. A classe que possui a maior distribuição é a de média fragilidade, a segunda maior área foi a de classe baixa e a classe de alta fragilidade abrange a menor, mas ainda considerável área. Torna-se necessário, a partir da análise dos resultados, a realização de um ordenamento territorial na área, assim como um planejamento para um desenvolvimento sustentável da localidade.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

BOARDMAN, J. Erosão e conservação dos solos: conceitos, temas e aplicações / Antonio Jose Teixeira Guerra, Anto-nio Soares da Silva, Rosangela Garrido Machado Botelho (organizadores). – 5ªed. – Rio de Janeiro. Bertrand Brasil. 2010.

BOTELHO, R.G.M. Planejamento Ambiental em Microbacias Hidrográficas. In: Antonio Jose Teixeira Guerra, Antonio Soares da Silva, Rosangela Garrido Machado Botelho (org.) Erosão e conservação dos solos: conceitos, temas e aplicações. – 5ªed. – Rio de Janeiro. Bertrand Brasil. 2010.

BRANCO, P. C. A. ; JACQUES, P. D. ; PERROTTA, M. ; FRANCA-ROCHA, W. J. S

Integração de Mapas Multi-Temáticos em Exploração Min-eral utilizando Sistemas de Informações Geográficas: Aplicações com Dados de Prospecção Geoquímica.

LICHT, O. A. B.; SILVA, C. R.; MELLO, C. S. B. (Org.). Prospecção Geoquímica de Depósitos Minerais Metálicos, Não-Metálicos, Óleo e Gás. Rio de Janeiro: SBGq/CPRM, 2008, v. 1, p. 373-432.

CHAVES, J.; FRANCA-ROCHA, W. Geotecnologias: Trilhan-do Novos Caminhos nas Geociencias. Salvador. Editora SBG, 2006.

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. Edgard Blücher, São Paulo, 149 p.1974.

CORVALÁN, S. B.; GARCIA, G. J. S. Critérios De Erodibili-dade do Solo e Cobertura Vegetal. p. 269-283, 2011.

ESRI. (2012). ArcGIS (Versión 10.1) [Software de procesa-miento digital de imágenes satelitales]. Los Ángeles, Es-tados Unidos: Environmental Systems Research Institute, Inc.

FELGUEIRAS, C. A. Modelagem ambiental com tratamento de incertezas em sistemas de informação geográfica: o paradigma geostatístico por indicação / C. A. Felgueiras - São José dos Campos: INPE, 1999.

GUERRA, A.J.T. O Início do processo erosivo. In: Antonio Jose Teixeira Guerra, Antonio Soares da Silva, Rosangela Garrido Machado Botelho (org.) Erosão e conservação dos solos: conceitos, temas e aplicações. – 5ªed. – Rio de Ja-neiro. Bertrand Brasil. 2010.

MIRANDA, E. E. de; (Coord.). Brasil em Relevo. Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2005. Disponível em: <http://www.relevobr.cnpm.embrapa.br>. Acesso em: 3 ago. 2014.

NASCIMENTO, D. M. C.; DOMINGUEZ, J. M. L. Avaliação da vulnerabilidade ambiental como instrumento de ges-tão costeira nos municípios de Belmonte e Canavieiras , Bahia. Revista Brasileira de Geociências v. 39, n. 3, p. 395-408, 2009

RIOS, M. L. Vulnerabilidade À Erosão Nos Compartimentos Morfopedológicos Da Microbacia Do Córrego Do Coxo / Jacobina-Ba. Dissertação de Mestrado. Universidade Fe-deral de Minas Gerais. Belo Horizonte – MG. 2011.

ROSS, J.L.S. Geomorfologia ambiente e planejamento. 2. ed. São Paulo, Contexto, 84 p. 1991

ROSS, J.L.S. Análise empírica da fragilidade dos ambientes naturais e antropizados / Laboratório de Geomorfologia - Departamento de Geografia - FFLCH/USP – 1993.

Tagliani C.R.A. 2002. Técnica para avaliação da vulnerabilida-de de ambientes costeiros utilizando um Sistema Geográfi-co de Informações. Anais XI SBSR, Belo Horizonte, Brasil, INPE, p. 1657 – 1664 - 2003.

Tricart J. Ecodinâmica. Rio de Janeiro, Recursos Naturais e Meio Ambiente, 1, IBGE, 97 p. 1977.

Cómo citar
Mendes de Souza, D. T., Pereira Costa, D., da Mata Lima, J., & Franca-Rocha, W. (2018). Análise da fragilidade à erosão nos Planossolos do noroeste do pólo de Jeremoabo, bahia. UD Y La geomática, (12), 35-40. https://doi.org/10.14483/23448407.7916
Publicado: 2018-02-24
Sección
Artículo de investigación científica y tecnológica