Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana

Science and Literature: analysis of a poem by gedeão for Physics teaching from interdisciplinarity and the bakhtinian theory

Ciencia y Literatura: análisis de un poema de gedeão para la enseñanza de la Física a la luz de la interdisciplinariedad y la teoría bakhtiniana

Autores/as

  • Giselle Faur de Castro Catarino Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Maria da Conceição de Almeida Barbosa Lima Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Palabras clave:

Interdisciplinariedad, Literatura, Física, Lenguaje (es).

Palabras clave:

Interdisciplinaridade, Literatura, Física, Linguagem (pt).

Palabras clave:

Interdisciplinarity, Literature, Physics, Language (en).

Resumen (pt)

Apresentamos neste artigo uma proposta didática para o ensino de Física, tendo como foco a união entre Ciência e Arte, mais especificamente Física e Literatura. Para isso, trabalhamos o Poema para Galileo de António Gedeão em uma disciplina da licenciatura em Física de uma Universidade pública do Rio de Janeiro e realizamos a Análise de Discurso, baseada na perspectiva dialógica bakhtiniana, dos dados coletados via registro escrito dos licenciandos. Baseamo-nos nos conceitos de autor, herói, ouvinte, cronotopo e gênero de discurso de Mikhail Bakthin para analisar as atividades didáticas que envolveram o poema. Como considerações, apontamos que a apresentação da Física de maneira interdisciplinar com a Literatura, ou com a Arte de maneira geral, possibilita a compreensão da Física como parte da cultura e revela possíveis abordagens com foco na Interdisciplinaridade e na História da Ciência, promovendo a humanização da Ciência e incentivo à reflexão crítica e contínua sobre sua natureza.

Resumen (en)

In this article, we present a didactical proposal for Physics teaching focused on the union between Science and Art, specifically, between Physics and Literature. To do that, we used Galileo´s poem, written by António Gedeão, in an undergraduate Physics course in a public University in Rio de Janeiro. We used Bakhtinian Discourse Analysis to study data collected through the students’ written reports. To analyze the didactic activities from the poem, we take concepts as author, hero, listener, chronotype, and gender from Mikhail Bakhtin. With this study, we consider that presenting Physics in an interdisciplinary way, with Literature or Art, in general, allows understanding Physics as a part of the culture, and reveals possible approaches that focus on Interdisciplinarity and the History of Science. It promotes the humanization of science and encourages continuous critical reflection about its nature.

Resumen (es)

En este artículo presentamos una propuesta didáctica para la enseñanza de la Física, centrada en la unión entre Ciencia y Arte, concretamente entre Física y Literatura. Para ello, trabajamos en el “Poema para Galileo” de António Gedeão en una materia de la Licenciatura en Física de una Universidad pública de Río de Janeiro, y, realizamos un Análisis de Discurso, basado en la perspectiva dialógica bakhtiniana, a partir de datos recolectados en registros escritos de los estudiantes. Usamos los conceptos de autor, héroe, oyente, cronotopo y género de discurso de Mikhail Bakthin para analizar las actividades didácticas que involucraron el poema. Como consideraciones finales, señalamos que la presentación de la Física de manera interdisciplinar con la Literatura, o con el Arte en general, posibilita la comprensión de la Física como parte de la cultura y revela posibles enfoques centrados en la Interdisciplinariedad y en la Historia de la Ciencia, promoviendo la humanización de la Ciencia y el desarrollo de la reflexión crítica y continua sobre su naturaleza.

Biografía del autor/a

Giselle Faur de Castro Catarino, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Educação pela Universidade Federal Fluminense. Docente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Instituto de Física Armando Dias Tavares - Departamento de Física Aplicada e Termodinâmica.

Maria da Conceição de Almeida Barbosa Lima, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Docente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Instituto de Física Armando Dias Tavares - Departamento de Física Aplicada e Termodinâmica.  

Referencias

AMORIM, M. Cronotopo e exotopia IN: BRAIT, B. (Org.) Bakhtin: outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2006.

AMORIM, M. O pesquisador e seu outro: Bakhtin nas Ciências Humanas. São Paulo: Musa Editora, 2004.

ARAÚJO-JORGE, T. C. de et al. Ciênciarte no instituto Oswaldo Cruz: 30 anos de experiência na construção de um conceito interdisciplinar Ciência e Cultura, v.70, n.2, São Paulo, 2018.

https://doi.org/10.21800/2317-66602018000200010

ASSUMPÇÃO, I. Interdisciplinaridade: uma tentativa de compreensão do fenômeno. IN: FAZENDA, I. (Org.). Práticas interdisciplinares na escola. 13. ed. rev. e ampl. São Paulo: Cortez, 2013.

BACCHELARD, G. A formação do espírito científico. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal 6ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BAKHTIN, M. Marxismo e Filosofia da Linguagem. 12ª Ed. São Paulo: Hucitec, 2006.

BAKHTIN, M. Questões de literatura e estética (A teoria do romance). São Paulo: Hucitec/Unesp, 1988.

BERNARDES, S. T.; MACHADO, K. G. Ciência e arte: a produção interdisciplinar do conhecimento no Triângulo Mineiro. Periódico Horizontes. V.37, 2019.

https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.637

BRAIT, B. (Org) Bakhtin: dialogismo e construção do sentido. 2a Ed. Campinas, SP. Editora da UNICAMP, 2005.

BRAGA, M.; GUERRA, A.; REIS, J. C. A física experimental numa perspectiva histórico-filosófica. IN: PEDUZZI, L. MARTINS, A.; FERREIRA, J (Org.) - Temas de História e Filosofia da Ciência no Ensino. EDUFRN, 2012.

BRONOWSKI, J. Arte e conhecimento: ver, imaginar, criar. Lisboa: Edições 70, 1983. Tiragem especial Livraria Martins Fontes Editora.

BUBNOVA, T.; BARONAS, R. L.; TONELLI, F. Voz, sentido e diálogo em Bakhtin. Bakhtiniana: Rev. Estud. Discurso [online], v.6, n.1, pp.268-280, 2011.

https://doi.org/10.1590/S2176-45732011000200016

CAREGNATO, R. A; MUTTI. Pesquisa qualitativa: análise de discurso versus análise de conteúdo. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, Out-Dez; 15(4): 679-84, 2006.

https://doi.org/10.1590/S0104-07072006000400017

CARNEIRO, G. A.; FERREIRA, C. R.; PANSERA, F. C., BEDUSCHI, R. S. Uma análise do tema interdisciplinaridade nas principais revistas brasileiras de ensino de ciências. Góndola, Enseñ Aprend Cienc, 13(1), 73-85, 2018. DOI: http://doi.org/10.14483/23464712.11961

https://doi.org/10.14483/23464712.11961

CARVALHO, A. M.; VIANNA, D. A quem cabe a Licenciatura? Ciência e Cultura (SBPC). V.40 n. 2, pp.143-163, 1988.

CATARINO, G. F. de C. Encontros e diálogos: novos sentidos para o ensino de física a partir do dialogismo e do ato responsável bakhtinianos. IN: CARUSO, F. (Org.). Roberto, o amigo: Roberto Moreira e a história e filosofia da Ciência. 1ed.São Paulo: Livraria da Física, 2017.

CLARK, K.; HOLQUIST, M. Mikhail Bakhtin. São Paulo: Perspectiva, 1998.

FAZENDA, I. Interdisciplinaridade: didática e prática de ensino. Texto complementar ao apresentado nos Anais do ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO - ENDIPE, 2014.

FERNANDES M. V. A poesia didática elegíaca e a poesia elegíaca didática dos medicamina de ovídio, e ovídio, produtos para a beleza feminina: tradução poética clássica. Revista Brasileira de Estudos Clássicos v.25, n.1/2. Belo Horizonte, 2012.

https://doi.org/10.24277/classica.v25i1/2.87

FRANK, J. As vozes de Mikhail Bakhtin IN: Pelo prisma russo: Ensaios sobre literatura e cultura. São Paulo: Edusp, 1992.

FREITAS, M. T. (org) Educação, arte e vida em Bakhtin. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

GALBIATTI, D. A.; CAMARGO, E. P. O conhecimento em Vigotski: uma contribuição à compreensão do referencial histórico-cultural. Góndola, Enseñ Aprend Cienc. n.16, v.1, pp.128-139, 2021. DOI: http://doi.org/10.14483/23464712.15931

https://doi.org/10.14483/23464712.15931

GEDEÃO, A. Linhas de Força em Obra Completa, Lisboa: Relógio D' Água. Disponível em:

http://www.infoescola.com/biografias/galileu-galilei Acesso em 24/09/2020.

GOULART, C. Em busca de balizadores para a análise de interações discursivas em sala de aula com base em Bakhtin. Revista de Educação Pública, v.18, n.36, 2008.

JAPIASSU, H. O sonho Transdisciplinar e as razões da Filosofia Rio de Janeiro: Imago, 2006.

LIMA, L. G.; RICARDO, E. C. Física e Literatura: uma revisão bibliográfica. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v.32, n.3, pp.577-617, 2015.

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2015v32n3p577

MACHADO, I. A questão espaço-temporal em Bakhtin: cronotopia e exotopia. IN: PAULA, L.; STAFUZZA, G. Círculo de Bakhtin: teoria inclassificável. São Paulo: Mercado das Letras, 2010.

MORTIMER, E.F.; SCOTT, P. Atividade discursiva nas salas de aula de ciências: uma ferramenta sociocultural para analisar e planejar o ensino. Investigações em Ensino de Ciências v.7, n.3, pp.283-306, 2002.

NASCIMENTO, S.; SANTOS, R.; NIGRI, E. Alfabetização Científica e Tecnológica com os Objetos Técnicos. Caderno Brasileiro de Ensino de Física. v.23, n.1, 2006.

NUNES, N. Apontamentos para um estudo da assinatura do poeta António Gedeão IN: CARVALHO, R. António é o meu nome. Lisboa: Biblioteca Nacional, 2006.

POMBO, O. Interdisciplinaridade: conceito, problemas e perspectivas. IN: POMBO, O; GUIMARÃES, H.; LEVY, T. Educação Hoje: A Interdisciplinaridade - Reflexão e Experiência. Lisboa: Texto Editora, 1993.

REIS, J. C.; GUERRA, A.; BRAGA, M. Ciência e arte: relações improváveis? História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v.13, pp.71-87, 2006.

https://doi.org/10.1590/S0104-59702006000500005

SASSERON, L. H.; MACHADO, V.B. Alfabetização científica na prática inovando a forma de ensinar física. 1ª ed. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2017.

SÁNCHEZ MORA, A. M. A divulgação da Ciência como Literatura. Rio de Janeiro. Ed: UFRJ. 2003.

SAWADA, A. C.; FERREIRA, F. R.; ARAÚJO-JORGE, T. C. de. CienciArte ou Ciência e Arte? Refletindo sobre uma conexão essencial. Revista Educação, Artes e Inclusão. V.13, n.3, 2017.

https://doi.org/10.5965/1984317813032017158

SILVA, A. D.; REIS, J. C.; REGO, S. C. R. Publicações sobre o ensino de Física Moderna: relações construídas entre Artes e Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v.36, n.2, pp.366-382, 2019.

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2019v36n2p366

SILVA, M. D. Física, Arte e Ensino: uma revisão bibliográfica na Revista Brasileira de Ensino de Física. XXIII SIMPÓSIO NACIONAL DE ENSINO DE FÍSICA. Atas [...] Salvador, 2019.

SOLER, A. Uma proposta bakhtiniana de estudo dos gêneros discursivos IN: BRAIT, B. & MAGALHÃES, A. (org.) Dialogismo teoria e(m) prática, São Paulo: Terracota, 2014.

STIPCICH, S. La interfaz "formación de docentes - ejercicio de la docencia". Editorial - Góndola, Enseñ Aprend Cienc. Vol. 12, No. 2, jul-dic, p. 5-6, 2017. DOI: 10.14483/23464712.12279.

https://doi.org/10.14483/23464712.12279

TAMBELLI, A. O que é Poesia e o que é Poema? Parte 1. Disponível em: https://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4140005 Acesso em 24 de setembro de 2020

TEZZA, C. Poesia IN: BRAIT, B.(org.) Bakhtin outros conceitos chave. São Paulo: Contexto, 2006.

THUILLIER, P. De Arquimedes a Einstein - A face oculta da invenção científica, Coleção Ciência e Cultura, Jorge Zahar Editor, 1994.

VOLOCHINOV, V. N./BAKHTIN, M. M. O discurso na vida e o discurso na arte. Sobre poética sociológica. Trad. do inglês: FARACO, C. e TEZZA, C. Para fins didáticos. Disponível em: https://www.academia.edu/19347967/Discurso_Na_Vida_Discurso_Na_Arte Último acesso em: 07/03/2021

ZANETIC, J. Física e arte: uma ponte entre duas culturas, Pró-Posições, v.17 n.1(49) jan./abr. 2006

Cómo citar

APA

Faur de Castro Catarino, G., y de Almeida Barbosa Lima, M. da C. (2022). Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(1), 14–29. https://doi.org/10.14483/23464712.18244

ACM

[1]
Faur de Castro Catarino, G. y de Almeida Barbosa Lima, M. da C. 2022. Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias. 17, 1 (feb. 2022), 14–29. DOI:https://doi.org/10.14483/23464712.18244.

ACS

(1)
Faur de Castro Catarino, G.; de Almeida Barbosa Lima, M. da C. Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana. Góndola Enseñ. Aprendiz. Cienc. 2022, 17, 14-29.

ABNT

FAUR DE CASTRO CATARINO, Giselle; DE ALMEIDA BARBOSA LIMA, Maria da Conceição. Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 14–29, 2022. DOI: 10.14483/23464712.18244. Disponível em: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18244. Acesso em: 25 feb. 2024.

Chicago

Faur de Castro Catarino, Giselle, y Maria da Conceição de Almeida Barbosa Lima. 2022. «Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17 (1):14-29. https://doi.org/10.14483/23464712.18244.

Harvard

Faur de Castro Catarino, G. y de Almeida Barbosa Lima, M. da C. (2022) «Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana», Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(1), pp. 14–29. doi: 10.14483/23464712.18244.

IEEE

[1]
G. Faur de Castro Catarino y M. da C. de Almeida Barbosa Lima, «Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana», Góndola Enseñ. Aprendiz. Cienc., vol. 17, n.º 1, pp. 14–29, feb. 2022.

MLA

Faur de Castro Catarino, Giselle, y Maria da Conceição de Almeida Barbosa Lima. «Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, vol. 17, n.º 1, febrero de 2022, pp. 14-29, doi:10.14483/23464712.18244.

Turabian

Faur de Castro Catarino, Giselle, y Maria da Conceição de Almeida Barbosa Lima. «Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17, no. 1 (febrero 3, 2022): 14–29. Accedido febrero 25, 2024. https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18244.

Vancouver

1.
Faur de Castro Catarino G, de Almeida Barbosa Lima M da C. Ciência e Literatura: análise de um poema de gedeão para o ensino de Física à luz da interdisciplinaridade e da teoria bakhtiniana. Góndola Enseñ. Aprendiz. Cienc. [Internet]. 3 de febrero de 2022 [citado 25 de febrero de 2024];17(1):14-29. Disponible en: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18244

Descargar cita

Visitas

159

Dimensions


PlumX


Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.
Loading...