DOI:

https://doi.org/10.14483/23464712.16803

Publicado:

2022-06-15

Número:

Vol. 17 Núm. 2 (2022): v17, n2, 2022

Sección:

ARTÍCULOS

A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química

Dicumba Methodology and Contextualization in Chemistry Teaching

Metodología Y Contextualización Dicumba En La Enseñanza De La Química

Autores/as

Palabras clave:

Enseñanza de la química, Contextualización, Dicumba (es).

Palabras clave:

Ensino de Química, Contextualização, Dicumba (pt).

Palabras clave:

Chemistry teaching, Contextualization, Dicumba (en).

Resumen (pt)

Este artigo visa, além de enfatizar a importância da contextualização no ensino de Química, apresentar uma proposta pedagógica para o ensino deste componente curricular, elaborada a partir dos pressupostos da metodologia ativa, denominada Dicumba (Desenvolvimento Cognitivo Universal - Aprendizagem bilateral). A Dicumba tem como objetivo relacionar a Química a um tema de interesse do aluno, instigando a investigação e compreensão da ciência através da curiosidade e do interesse. A pesquisa-ação qualitativa foi desenvolvida em uma escola do município de Novo Hamburgo, Estado do Rio Grande do Sul, com a participação de 35 alunos do segundo ano do ensino médio. Os dados, coletados por meio do trabalho de pesquisa realizado pelos alunos e de um questionário semiestruturado, foram interpretados à luz dos teóricos da área, sendo expostos em gráficos e tabelas. Nesse viés, observou-se que a utilização da metodologia Dicumba foi satisfatória para abordar os temas de interesse elencados pelos alunos, uma vez que mostrou a química de forma contextualizada em diferentes instâncias. Além disso, o uso da metodologia mobilizou gradativamente os alunos à medida que eles participavam efetivamente dos processos de ensino e aprendizagem.

Resumen (en)

This paper aims to emphasize the importance of contextualization in the Chemistry teaching and presents a pedagogical proposal for teaching this curricular component. It is based on the assumptions of the active methodology called Dicumba (Universal Cognitive Development-bilateral Learning). Dicumba aims to relate Chemistry to a topic of interest to the student, instigating research and understanding of science through curiosity and interest. It is qualitative action research in a school in the municipality of Novo Hamburgo, State of Rio Grande do Sul, with the participation of 35 students in the second year of high school. Data collection was through research work carried out by the students. A semi-structured questionnaire was interpreted in the light of theorists in this area, being to expose in graphs and tables. In this bias, results show that the Dicumba methodology lets to address the topics of interest listed by the students in satisfactory way, since it showed chemistry in a contextualized way in different instances. In addition, the use of the methodology gradually mobilized students as they effectively participated in the teaching and learning processes.

Resumen (es)

Este artículo tiene como objetivo, además de enfatizar la importancia de la contextualización en la enseñanza de la Química, presentar una propuesta pedagógica para la enseñanza de este componente curricular, elaborada a partir de los supuestos de la metodología activa, denominada Dicumba (Desarrollo Cognitivo Universal-bilateral del Aprendizaje). Dicumba tiene como objetivo relacionar la química con un tema de interés del alumno, estimulando la investigación y la comprensión de la ciencia a través de la curiosidad y el interés. Este fue una investigación cualitativa de tipo investigación-acción y se llevó a cabo en una escuela del municipio de Novo Hamburgo, Estado de Rio Grande do Sul, con la participación de 35 estudiantes de 2º año de secundaria. Los datos fueron recolectados a través del trabajo de investigación realizado por los estudiantes y de un cuestionario semiestructurado, lo cuales fueron interpretados a la luz de teóricos del área, siendo expuestos en gráficos y tablas. Se observó que el uso de la metodología Dicumba fue satisfactorio para abordar los temas de interés enumerados por los estudiantes, ya que permitió estudiar la química de forma contextualizada en diferentes instancias. Además, el uso de la metodología movilizó gradualmente a los estudiantes, ya que participaron de manera efectiva en los procesos de enseñanza y aprendizaje.

Biografía del autor/a

Everton Bedin, Universidade Luterana do Brasil, campus Canoas

Doutor e Pós-Doutor em Educação em Ciências.

Referencias

BEDIN, E. Filme, Experiência E Tecnologia No Ensino De Ciências Química: Uma Sequência Didática. Revista de Educação, Ciências e Matemática, v. 9, n. 1, p. 101-115, 2019. Disponível em: http://publicacoes.unigranrio.edu.br/index.php/recm/article/view/4280/2882. Acessado: 15/06/2020.

BEDIN, E. Do algodão doce à bomba atômica: avaliações e aspirações do aprender pela pesquisa no ensino de Química. Debates em Educação, v. 12, n. 27, p. 236-253, 2020. https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n27p236-253

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n27p236-253

BEDIN, E. Por que Ensinar Química?. Currículo sem Fronteiras, v. 21, n. 3, p. 1639-1654, set./dez. 2021a. http://dx.doi.org/10.35786/1645-1384.v21.n3.33

https://doi.org/10.35786/1645-1384.v21.n3.33

BEDIN, E. Dicumba e a Alfabetização Científica no Ensino de Ciências. Humanidades & Inovação, v. 8, n. 38, p. 192-208, 2021b.

BEDIN, E.; DEL PINO, J. C. Dicumba - o aprender pela pesquisa em sala de aula: os saberes científicos de química no contexto sociocultural do aluno. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias: Góndola, Ens Aprend Cienc, v. 13, n. 2, p. 338-352, 2018.

https://doi.org/10.14483/23464712.13055

BEDIN.; DEL PINO, J. C. Dicumba: uma proposta metodológica de ensino a partir da pesquisa em sala de aula. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências (Belo Horizonte), v. 21, 2019a. https://doi.org/10.1590/1983-21172019210103

https://doi.org/10.1590/1983-21172019210103

BEDIN, E.; DEL PINO, J. C. Das Incertezas às Certezas da Pesquisa não Arbitrária em Sala De Aula Via Metodologia Dicumba. Currículo sem Fronteiras, v. 19, n. 3, p. 1358-1378, 2019b. http://dx.doi.org/10.35786/1645-1384.v19.n3.32

https://doi.org/10.35786/1645-1384.v19.n3.32

BEDIN, E.; DEL PINO, J. C. La movilización de competencias y el desarrollo cognitivo universal-bilateral del aprendizaje en la enseñanza de las ciências. Revista Paradigma. (Edición Cuadragésimo Aniversario: 1980-2020), n. XLI, p. 360-383, 2020a. https://doi.org/10.37618/PARADIGMA.1011-2251.0.p360-383.id804

https://doi.org/10.37618/PARADIGMA.1011-2251.0.p360-383.id804

BEDIN, E; DEL PINO, J. C. A metodologia Dicumba e o Aprender pela Pesquisa Centrada no Aluno no Ensino de Química: narrativas discentes na Educação Básica. Revista Insignare Scientia-RIS, v. 3, n. 3, p. 3-24, 2020b. https://doi.org/10.36661/2595-4520.2020v3i3.11774

https://doi.org/10.36661/2595-4520.2020v3i3.11774

BRASIL. Parâmetros Curriculares do Ensino Médio (PCNEM). 2000. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/blegais.pdf. Acessado em: 10/07/2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.

CHASSOT, A. Para que (m) é útil o ensino? alternativas para um ensino (de química) mais crítico. 1ª ed. Editora da ULBRA. Canoas: Brasil, 1994.

ENGEL, G. I. Pesquisa-ação. Educar em Revista, Curitiba, n. 16, p. 181-191, 2000. https://doi.org/10.1590/0104-4060.214

https://doi.org/10.1590/0104-4060.214

FINGER, I.; BEDIN, E. A contextualização e seus impactos nos processos de ensino e aprendizagem da ciência química. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática, v. 2, n. 1, p. 8, 9 e 10, 2019. https://doi.org/10.5335/rbecm.v2i1.9732

https://doi.org/10.5335/rbecm.v2i1.9732

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. 1ª ed. UEC. Fortaleza: Brasil, 2002.

KURZ, D. L.; PIVA, L.; BEDIN, B. Conceptions and Perceptions of Pre-service Teachers on the use of Paradidactic Books in Chemistry Teaching. Acta Scientiae, v. 21, n. 5, p. 62-80, 2019. https://doi.org/10.17648/acta.scientiae.5233

https://doi.org/10.17648/acta.scientiae.5233

LIMA, A. A. Contextualização no Ensino de Química na Educação Básica. Revista Docentes, Fortaleza, v. 4, n. 9, p. 39-49 2019. Disponível em: https://revistadocentes.seduc.ce.gov.br/index.php/revistadocentes/article/view/77. Acesso em: 16/06/2020

OLIVEIRA, A. M. C. A química no ensino médio e a contextualização: a fabricação do sabão como tema gerador de ensino aprendizagem. 120 f. Curso de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e da Matemática, Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e da Matemática - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2005. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16027. Acesso em: 13/07/2020.

RAMOS, M. N. A contextualização no currículo de ensino médio: a necessidade da crítica na construção do saber científico. Rev. Ensino Médio, Ipojuca, v. 1, n. 3, p. 9-12, 2003. Disponível em: http://www.sbfisica.org.br/ensino/arquivos/contextualizacao. Acesso em: 13/07/2020.

RANGEL, F. Z.; BEDIN, E.; DEL PINO, J. C. Dicumba-uma metodologia para o Ensino de Química: avaliação, tendência e perspectiva. XII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências - XIIENPEC Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019. Disponível em: http://abrapecnet.org.br/enpec/xii-enpec/anais/resumos/1/R0598-1.pdf. Acessado em: 15/06/ 2020.

ROGERS, C. Tornar-se pessoa. Tradução de Ferreira, M. J. C. e Lamparelli, A. 3ª ed. Martins Fontes. São Paulo: Brasil, 2001.

RUBIO, F. M.; DIAS, K. B.; MOTA, J. S.; CARDOSO, C. A. L. O Ensino de Química na Rede Estadual de Educação de Dourados: percepção dos professores. In: 35ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, Águas de Lindóia, São Paulo, Meio digital, 2012.

https://doi.org/10.1590/S0100-40422012000400001

SANTOS, A. O.; SILVA, R. P.; ANDRADE, D.; LIMA, J. P. M. Dificuldades e motivações de aprendizagem em Química de alunos do ensino médio investigadas em ações do (PIBID/UFS/Química). Scientia plena, São Cristóvão, v. 9, n. 7, p. 1 - 6, 2013. Disponível em: https://scientiaplena.org.br/sp/article/view/1517. Acesso em: 23/06/2020.

THIOLLENT, M Metodologia da Pesquisa-Ação. 6ª ed. Cortez. São Paulo: Brasil, 1994.

Cómo citar

APA

Kurz, D. L. ., Stockmanns, B., & Bedin, E. (2022). A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(2), 230–245. https://doi.org/10.14483/23464712.16803

ACM

[1]
Kurz, D.L. , Stockmanns, B. y Bedin, E. 2022. A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias. 17, 2 (jun. 2022), 230–245. DOI:https://doi.org/10.14483/23464712.16803.

ACS

(1)
Kurz, D. L. .; Stockmanns, B.; Bedin, E. A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química. Góndola enseñ. aprendiz. cienc. 2022, 17, 230-245.

ABNT

KURZ, D. L. .; STOCKMANNS, B.; BEDIN, E. A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 230–245, 2022. DOI: 10.14483/23464712.16803. Disponível em: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/16803. Acesso em: 19 ago. 2022.

Chicago

Kurz, Débora Luana, Betina Stockmanns, y Everton Bedin. 2022. «A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17 (2):230-45. https://doi.org/10.14483/23464712.16803.

Harvard

Kurz, D. L. ., Stockmanns, B. y Bedin, E. (2022) «A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química», Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(2), pp. 230–245. doi: 10.14483/23464712.16803.

IEEE

[1]
D. L. . Kurz, B. Stockmanns, y E. Bedin, «A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química», Góndola enseñ. aprendiz. cienc., vol. 17, n.º 2, pp. 230–245, jun. 2022.

MLA

Kurz, D. L. ., B. Stockmanns, y E. Bedin. «A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, vol. 17, n.º 2, junio de 2022, pp. 230-45, doi:10.14483/23464712.16803.

Turabian

Kurz, Débora Luana, Betina Stockmanns, y Everton Bedin. «A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17, no. 2 (junio 15, 2022): 230–245. Accedido agosto 19, 2022. https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/16803.

Vancouver

1.
Kurz DL, Stockmanns B, Bedin E. A Metodologia Dicumba E A Contextualização No Ensino De Química. Góndola enseñ. aprendiz. cienc. [Internet]. 15 de junio de 2022 [citado 19 de agosto de 2022];17(2):230-45. Disponible en: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/16803

Descargar cita

Visitas

118

Dimensions


PlumX


Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.