DOI:

https://doi.org/10.14483/23464712.16669

Publicado:

2022-06-15

Número:

Vol. 17 Núm. 2 (2022): v17, n2, 2022

Sección:

ARTÍCULOS

A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis

The Influence Of The School Context And The Students Physical Profile In The Knowledge Of Non-Communicable Chronic Diseases

La Influencia Del Contexto Escolar Y El Perfil Físico De Los Estudiantes En El Conocimiento Sobre Enfermedades Crónicas No Transmisibles

Autores/as

Palabras clave:

Education, Health, Disease, Teaching (en).

Palabras clave:

Educación, Salud, Enfermedad, Enseñanza (es).

Palabras clave:

Educação, Saúde, Doença, Ensino (pt).

Resumen (pt)

As doenças crônicas não transmissíveis representam um desafio para a saúde pública, visto suas elevadas taxas de morbi-mortalidade. Assim, o estudo objetivou investigar o conhecimento de estudantes sobre os fatores de risco para as doenças crônicas não transmissíveis e suas relações com o perfil físico e a realidade escolar, assim comparar essas variáveis entre escolas públicas urbanas e rurais. Foram incluídos estudantes do 9º ano do ensino fundamental de escolas públicas, no qual responderam a um questionário a fim de investigar seu conhecimento sobre as doenças crônicas não transmissíveis, bem como foram submetidos a uma avaliação antropométrica. Também foi realizado um diagnóstico da realidade escolar. Como resultados, houve um baixo nível de conhecimento dos escolares sobre os fatores de risco associados às doenças crônicas não transmissíveis, principalmente em relação à diabetes mellitus e ao câncer de pulmão. Na comparação entre as instituições, os escolares rurais apresentaram um menor conhecimento sobre os temas. Apesar das instituições investigadas apresentarem alguns fatores ambientais favoráveis a um estilo de vida saudável, foi possível identificar um percentual expressivo de escolares em risco para o desenvolvimento de obesidade e sobrepeso. Assim, ações urgentes no âmbito escolar são necessárias para promover conhecimento na área de educação e saúde e sobre as doenças crônicas não transmissíveis.

Resumen (en)

Chronic non-communicable diseases represent a challenge for public health, given their high rates of morbidity and mortality. Therefore, the study aimed to investigate students' knowledge about risk factors for chronic non-communicable diseases in their relationship with physical profile and school reality. It to compare these variables between urban and rural public schools. Ninth-grade students from public schools did part. They answered a questionnaire aiming to investigate their knowledge about chronic non-communicable diseases. Also being subjected to an anthropometric evaluation. A diagnosis of school reality was done. As a result, we detected a low level of knowledge among schoolchildren about the risk factors associated with chronic non-communicable diseases, especially in relation to diabetes mellitus and lung cancer. When comparing the institutions, rural students showed less knowledge about these topics. Although the investigated institutions present some environmental factors that favor a healthy lifestyle, it was possible to identify a significant percentage of students at risk of developing obesity and overweight. Therefore, urgent actions are necessary in the school environment to promote knowledge in ​​education and health about chronic non-communicable diseases.

Resumen (es)

Las enfermedades crónicas no transmisibles representan un desafío para la salud pública, dadas sus altas tasas de morbilidad y mortalidad. Por lo tanto, el estudio tuvo como objetivo investigar el conocimiento de los estudiantes sobre los factores de riesgo de enfermedades crónicas no transmisibles en su relación con el perfil físico y la realidad escolar, para comparar estas variables entre las escuelas públicas urbanas y rurales. Se incluyeron estudiantes de noveno grado de escuelas públicas, en las que respondieron un cuestionario para investigar su conocimiento sobre las enfermedades crónicas no transmisibles, además de ser sometidos a una evaluación antropométrica. También se realizó un diagnóstico de realidad escolar. Como resultado, detectamos un bajo nivel de conocimiento entre los escolares sobre los factores de riesgo asociados con las enfermedades crónicas no transmisibles, especialmente en relación con la diabetes mellitus y el cáncer de pulmón. Al comparar las instituciones, los estudiantes rurales mostraron menos conocimiento sobre los temas. A pesar de que las instituciones investigadas presentan algunos factores ambientales que favorecen un estilo de vida saludable, fue posible identificar un porcentaje significativo de estudiantes en riesgo de desarrollar obesidad y sobrepeso. Por lo tanto, son necesarias acciones urgentes en el entorno escolar para promover el conocimiento en el área de la educación y la salud, sobre las enfermedades crónicas no transmisibles.

Biografía del autor/a

Loreanne dos Santos Silva , UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Pós-graduanda em Educação em ciências: química da vida e saúde, professora de educação física pela rede básica de ensino.

Susane Graup, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Doutora em  Engenharia de Produção, docente do curso de educação física da UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA.

Referencias

AGATHAO, B. T.; REICHENHEIM, M. E.; MORAES, C. L. de. Qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes escolares. Ciência & Saúde Coletiva, v.23, n.2, p. 659-668, 2018. https://doi.org/10.1590/1413-81232018232.27572016

https://doi.org/10.1590/1413-81232018232.27572016

PMid:29412423

BARROS, M. S. et al. Excesso de peso entre adolescentes em zona rural e a alimentação escolar oferecida. Cadernos Saúde Coletiva, v. 21, n. 2, p. 201-8, 2013.

https://doi.org/10.1590/S1414-462X2013000200016

BORGES, T. T. et al. Conhecimento para fatores de risco sobre doenças crônicas: estudo de base populacional. Cadernos Saúde Pública. Rio de Janeiro, v. 25, n. 7, p. 1511-1520, 2009. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2009000700009

https://doi.org/10.1590/S0102-311X2009000700009

PMid:19578572

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação. Brasília, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em 15/11/2018

______. Decreto nº6286, de 5 de dezembro de 2007. Institui o Programa Saúde na Escola - PSE. Brasília, 200

______. Lei n. 5.692, de 11 de agosto de 1971. Estabelece as diretrizes e bases para o ensino de 1º e 2º graus. Brasília, 1971

______. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/web/guest/consulta-IDEB. Acesso em: 26/10/2018

______. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Vigilância das Doenças Crônicas Não transmissíveis (DCNT). Brasília: Ministério da Saúde; 2018. Disponível em: http://portalms.saude.gov.br/vigilancia-em-saude/vigilancia-de-doencas-cronicas-nao-transmissiveis-dcnt. Acesso em: 27/11/2018

______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.

CALLAWAY, CW. et al. Anthropometric standardization reference manual. Champaign (IL): Human Kinetics; 1988. p.39-54

CARDOSO, C. et al. Conhecimentos de escolares do Ensino Médio sobre a associação de fatores de risco relacionados a Doenças Crônicas. Revista Corpoconsciência, Cuiabá-MT, vol. 20, n. 02, p. 72-81, 2016.

CORTEZ, D. N. et al. Complicações e o tempo de diagnóstico do diabetes mellitus na atenção primária. Revista Acta Paulista de Enfermagem, v. 28, n. 3, p. 50-5, 2015. https://doi.org/10.1590/1982-0194201500042

https://doi.org/10.1590/1982-0194201500042

FELISBINO-MENDES, M. et al. Avaliação dos fatores de risco cardiovasculares em uma população rural brasileira. Revista Cadernos de Saúde Pública, v. 30, n. 6, p. 183-1194, 2014. https://doi.org/10.1590/0102-311X00103213

https://doi.org/10.1590/0102-311X00103213

PMid:25099042

FIGUEIREDO, T. A. M. DE.; MACHADO, V. L. T.; ABREU, M. M. S.DE. A saúde na escola: um breve resgate histórico. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v.15, n.2, p.397-402, 2010. https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000200015

https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000200015

PMid:20414606

GAYA, AC; SILVA, G. Manual de aplicação de medidas e testes, normas e critérios de avaliação. 2010. Disponível em: http://www.proesp.ufrgs.br/institucional/index.php. Acesso em: 26/10/2018

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GLANER, M.F. Aptidão física relacionada à saúde de adolescentes rurais e urbanos em relação a critérios de referência. Universidade Católica de Brasília. Revista brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v.19, n.1, p.13-24, 2005. https://doi.org/10.1590/S1807-55092005000100002

HERR, G.E. et al. Avaliação de Conhecimentos acerca da Doença Oncológica e Práticas de Cuidado com a Saúde. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 59, n. 1, p. 33-41, 2013. https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2013v59n1.540

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2013v59n1.540

HOEHR, C.F. et al. Prevalência de obesidade e hipertensão arterial em escolares: estudo comparativo entre escolas rurais do município de Santa Cruz do Sul/RS. Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Santa Cruz do Sul, RS, Brasil. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção, v. 4, n. 2, p. 122-126, 2014. https://doi.org/10.17058/reci.v4i2.4772

https://doi.org/10.17058/reci.v4i2.4772

LANES K.G.; et al. Sobrepeso e obesidade: implicações e alternativas no contexto escolar. Revista Ciência & Ideias, v. 3, n. 1, p.1-18, 2011.

MALTA, D.C.; BERNAL R.T.I.; LIMA, M.G., et al. Doenças crônicas não transmissíveis e a utilização de serviços de saúde: análise da Pesquisa Nacional de Saúde no Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 51, Supl 1:4s, 2017. https://doi.org/10.1590/S1518-8787.2017051000090

https://doi.org/10.1590/s1518-8787.2017051000090

MATSUDO, S.M. et al. Nível de atividade física da população do Estado de São Paulo: análise de acordo com o gênero, idade, nível socioeconômico, distribuição geográfica e de conhecimento. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 10, n. 4, p. 41-50, 2002.

OLIVEIRA, M. Como fazer pesquisa qualitativa. Rio de Janeiro: Vozes, 2016.

PAZ, C.J.R; et al. A Influência da Nutrição Adequada e da Prática de Atividades Física na Saúde dos Adolescentes. Revista Portal: saúde e sociedade, v. 2, n. 1, p. 332-346, 2017. https://doi.org/10.28998/2525-4200.2016v2n1.332-346.

https://doi.org/10.28998/2525-4200.2016v2n1.332-346

PEREIRA, S.E.A. et al. Fatores de risco e complicações de doenças crônicas não transmissíveis. Revista Ciência & Saúde, v.10, n. 4, p. 213-219, 2017. http://orcid.org/0000-0003-1538-4097.

https://doi.org/10.15448/1983-652X.2017.4.26446

OLIVEIRA, R.C. DE.; AZEVEDO, M.R.; HALLAL, P.C. Associação entre comportamentos de risco à saúde de pais e adolescentes em escolares de zona rural de um município do Sul do Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 27, n.12, p. 2429-2440, 2011. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2011001200014

https://doi.org/10.1590/S0102-311X2011001200014

PMid:22218585

RIVERA, F.; SOUZA, E. Consumo alimentar de escolares de uma comunidade rural. Revista Comunicação em Ciências da Saúde, v. 17, n. 2, p.111-119, 2006.

SASSO, R.R. et al. Desenvolvimento motor de crianças em zonas rurais e urbanas: um estudo comparativo. Revista Ciência & Saúde, v. 11, n. 3, p. 151-157, 2018. https://doi.org/10.15448/1983-652X.2018.3.30098.

https://doi.org/10.15448/1983-652X.2018.3.30098

SILVA, J.V.F. et al. A relação entre o envelhecimento populacional e as doenças crônicas não transmissíveis: sério desafio de saúde pública. Cadernos de Graduação, Ciências Biológicas e da Saúde, v. 2, n.3, p. 91-100, 2015.

TERRES, N. G. et al. Prevalência e fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes. Revista de Saúde Pública, v. 40, n. 4, p. 627-33, 2006.

https://doi.org/10.1590/S0034-89102006000500011

PMid:16906313

TORRES, H.C.; MONTEIRO, M.R.P. Educação em Saúde sobre doenças crônicas não-transmissíveis no programa Saúde da família em Belo Horizonte/MG. Revista Mineira de Enfermagem, v. 10, n. 4, p. 402-406, 2006.

TRICHES, R; GIUGLIANI, E. Obesidade, práticas alimentares e conhecimentos de nutrição em escolares. Revista de Saúde Pública, v. 39, n. 4, p.541-7, 2005. https://doi.org/10.1590/S0034-89102005000400004.

https://doi.org/10.1590/S0034-89102005000400004

PMid:16113901

ZAMAI, CA. et al. Atividade física, saúde e doenças crônico degenerativas: avaliação do nível de conhecimento entre escolares de Campinas. Revista Movimento & Percepção, v.5, n.7, 2005.

ZÔMPERO, A.F et al. Atividade investigativa na perspectiva da Aprendizagem Significativa: uma aplicação no Ensino Fundamental com a utilização de tabelas nutricionais. Revista Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, v. 9, N. 2, 2014.

https://doi.org/10.14483/jour.gdla.2014.2.a01

Cómo citar

APA

dos Santos Silva , L. ., lara, S., & Graup, S. (2022). A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(2). https://doi.org/10.14483/23464712.16669

ACM

[1]
dos Santos Silva , L. , lara, S. y Graup, S. 2022. A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias. 17, 2 (jun. 2022). DOI:https://doi.org/10.14483/23464712.16669.

ACS

(1)
dos Santos Silva , L. .; lara, S.; Graup, S. A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis. Góndola enseñ. aprendiz. cienc. 2022, 17.

ABNT

DOS SANTOS SILVA , L. .; LARA, S.; GRAUP, S. A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, [S. l.], v. 17, n. 2, 2022. DOI: 10.14483/23464712.16669. Disponível em: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/16669. Acesso em: 25 jun. 2022.

Chicago

dos Santos Silva , Loreanne, Simone lara, y Susane Graup. 2022. «A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17 (2). https://doi.org/10.14483/23464712.16669.

Harvard

dos Santos Silva , L. ., lara, S. y Graup, S. (2022) «A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis», Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(2). doi: 10.14483/23464712.16669.

IEEE

[1]
L. . dos Santos Silva, S. lara, y S. Graup, «A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis», Góndola enseñ. aprendiz. cienc., vol. 17, n.º 2, jun. 2022.

MLA

dos Santos Silva , L. ., S. lara, y S. Graup. «A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, vol. 17, n.º 2, junio de 2022, doi:10.14483/23464712.16669.

Turabian

dos Santos Silva , Loreanne, Simone lara, y Susane Graup. «A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17, no. 2 (junio 15, 2022). Accedido junio 25, 2022. https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/16669.

Vancouver

1.
dos Santos Silva L, lara S, Graup S. A Influência Do Contexto Escolar E Do Perfil Físico De Estudantes No Conhecimento Sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis. Góndola enseñ. aprendiz. cienc. [Internet]. 15 de junio de 2022 [citado 25 de junio de 2022];17(2). Disponible en: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/16669

Descargar cita

Visitas

9

Dimensions


PlumX


Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.