Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório

From nutrition to digestion: a contextualized proposal for the digestive system teaching

De la nutrición a la digestión: una propuesta contextualizada para la enseñanza del sistema digestivo

Autores/as

  • Flávia Martho unesp https://orcid.org/0000-0002-9160-3418
  • Rafael Mendonça Duarte Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista Júlio De Mesquita Filho-UNESP, Campus do Litoral Paulista
  • Ana Carolina Biscalquini Talamoni Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista Júlio De Mesquita Filho-UNESP, Campus do Litoral Paulista

Palabras clave:

Educación nutricional, Práctica pedagógica, Proceso de aprendizaje (es).

Palabras clave:

Nutrition education, Pedagogical practice, Learning process (en).

Palabras clave:

Educação alimentar;, Prática pedagógica;, Processo de aprendizagem; (pt).

Resumen (pt)

Aprender sobre o corpo humano é compreender sobre o funcionamento do próprio corpo, contemplando seus aspectos biológicos e socioculturais. Contudo percebe-se no ensino de ciências na educação básica dos anos finais, a prevalência de uma abordagem cartesiana em que o corpo é tratado de forma reducionista, restringindo-o a aspectos anatômicos e fisiológicos, muitas vezes desconexos. Esse é o caso do sistema digestório e da abordagem da educação alimentar e nutricional, considerada um tema contemporâneo transversal pela Base Nacional Comum Curricular. Tendo isso em vista, esta pesquisa realizou o levantamento das concepções prévias a respeito do tema norteador “nutrição” com alunos do 6º ano do ensino fundamental II de uma escola municipal de São Vicente/SP. A partir disso, elaborou-se e aplicou-se uma sequência didática visando promover conhecimentos anatômicos e fisiológicos do sistema digestório a partir da nutrição. Os resultados indicam que após a aplicação da sequência didática os alunos não só adquiriram conceitos a respeito da morfofisiologia do sistema digestório, mas também compreenderam que a nutrição é pautada por aspectos socioculturais.

Resumen (en)

Learning about the human body is understanding the functioning of the body itself, considering its biological and sociocultural aspects. However, teaching practices prefer a Cartesian approach in which the body is treated in a reductionist way, restricting it to anatomical and physiological aspects often disconnected. That is the case of the digestive system and the approach to food and nutrition education is considered a contemporary cross-cutting topic by the National Common Curriculum Base. With this in mind, this research surveyed previous conceptions on the guiding theme "nutrition" with 6th-grade students of elementary school II in São Vicente, SP. From there, we develop and apply a didactic sequence to promote anatomical and physiological knowledge of the digestive system from nutrition. Results indicate that after applying the sequence, the students acquired concepts about the morphophysiology of the digestive system, and also, understood that nutrition is guided by sociocultural aspects.

Resumen (es)

Aprender sobre el cuerpo humano es comprender el funcionamiento del propio cuerpo, considerando sus aspectos biológicos y socioculturales. Sin embargo, en la docencia prevalece un enfoque cartesiano en el que se trata el cuerpo de forma reduccionista, restringiéndolo a aspectos anatómicos y fisiológicos, que muchas veces están desconectados. Este es el caso del aparato digestivo y el enfoque de la educación alimentaria y nutricional, considerado un tema transversal contemporáneo por la Base Curricular Común Nacional. Con esto en mente, esta investigación llevó a cabo el levantamiento de concepciones previas sobre el tema rector "nutrición" con estudiantes de 6 ° grado de la escuela primaria II en São Vicente / SP. A partir de allí, se elaboró y aplicó una secuencia didáctica, con el objetivo de promover el conocimiento anatómico y fisiológico del sistema digestivo a partir de la nutrición. Los resultados indican que luego de aplicar la secuencia, los estudiantes no solo adquirieron conceptos sobre la morfofisiología del aparato digestivo, sino que también entendieron que la nutrición está guiada por aspectos socioculturales.

Referencias

ACCIOLY, E. A escola como promotora da alimentação saudável. Revista Ciência em Tela, v. 2, n. 2, pp. 1-9, 2009.

ARAUJO, C.; RAMOS, P.; GIANNELA, T. Corpo humano no ensino de ciências: uma revisão da literatura nacional. In: X ENCONTRO NACIONAL DE PESQUSIA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS. Águas de Lindóia, SP, Atas, 2015.

ATAIDE, M. C. E. S.; SILVA, B. V. C. As metodologias de ensino de ciências: contribuições da experimentação e da história e filosofia da ciência. HOLOS, v. 4, n. 27, pp. 171-181, 2011. DOI: http://doi.org/10.15628/holos.2011.620

https://doi.org/10.15628/holos.2011.620

AUGUSTO, T. G. S.; CALDEIRA, A. M. A. Dificuldades para a implementação de práticas interdisciplinares em escolas estaduais, apontadas por professores da área de ciências da natureza. Investigação em ensino de Ciências, v. 12, n. 1, pp. 139-154, 2007.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação. Uma introdução à teoria e aos métodos. Porto Editora, 1994.

BEBER, L. C. C.; ARAÚJO, M. C. P.; BIANCHII, V. Sistemas digestório, respiratório e circulatório humanos em livros didáticos de biologia de ensino médio. Bio-grafia, v. 10, n. 18, pp. 19-27, 2016. DOI: https://doi.org/10.17227/20271034.vol.10num.18bio-grafia19.27

https://doi.org/10.17227/20271034.vol.10num.18bio-grafia19.27

BRASIL. Ministério da educação. Base Nacional Comum Curricular, 2017.

BRASIL. Ministério da educação. Parâmetros Curriculares Nacionais, 1995.

BRASIL. Ministério da educação. Temas contemporâneos transversais na BNCC. Proposta de práticas de Implementação, 2019.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Marco de Referência De Educação Alimentar e Nutricional Para As Políticas Públicas, 2012.

COSTA, I. G.; PAULA, I. L.; GONTIJO, L. M.; TORRES, P. F.; COSTA, A, F. J. Uso do Portifólio como metodologia alternativa no ensino e aprendizagem sobre o sistema digestório: um estudo com alunos do 3º ano do Ensino Médio. Experiências em Ensino de Ciências, v. 14, n. 3, pp. 621-632, 2019.

CRUZ, C. J. S.; PINTO, P. E. P. Os benefícios da atividade física 2018. Journal of Specialist, v. 2, n. 2, pp. 1-12, 2018.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A. Metodologia do ensino de ciências. São Paulo: Cortez, 1994.

FERRACIOLI, L. Aprendizagem, Desenvolvimento e Conhecimento na Obra de Jean Piaget: Uma Análise do Processo de Ensino-Aprendizagem em Ciências. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 80, n. 194, pp. 5-18, 1999. DOI: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.80i194.1001.

https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.80i194.1001

GIANNELLA, T.; RAMOS, P.; ARAUJO, C. Corpo Humano no ensino de ciências: Uma revisão da literatura Nacional. In: X ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÃO EM CIÊNCIAS, Águas de Lindóia, SP, Atas, 2015.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas, 1999.

GONZALEZ, F. G.; PALEARI, L. M. O ensino da digestão - nutrição na era das refeições rápidas e do culto ao corpo. Ciência & Educação (Bauru), v. 12, n.1, pp. 13-24, 2006. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-73132006000100003

https://doi.org/10.1590/S1516-73132006000100003

GUSMÃO, S. História da medicina. Jornal Brasileiro de neurocirurgia, v. 15, n. 1, pp. 5-10, 2014.

https://doi.org/10.22290/jbnc.v15i1.467

GREENWOOD, S. A.; FONSECA, A. B. Espaços e caminhos da educação alimentar e nutricional no livro didático. Ciência & educação (Bauru), v. 22, n. 1, pp. 201-218, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320160010013

https://doi.org/10.1590/1516-731320160010013

JUZWIAK, C. R.; CASTRO, P. M.; BATISTA, S. H. S. S. A experiência da Oficina Permanente de Educação Alimentar e em Saúde (OPEAS): formação de profissionais para a promoção da alimentação saudável nas escolas. Ciência & Saúde coletiva, v. 18, n. 4, pp. 1009-1018, 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232013000400014

https://doi.org/10.1590/S1413-81232013000400014

PMid:23670378

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MORAES, V. R. A.; GUIZETTI, A. R. Percepções de alunos do terceiro ano do Ensino Médio sobre o corpo humano. Ciência & Educação (Bauru), v. 22, n. 1, pp. 253-270, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320160010016

https://doi.org/10.1590/1516-731320160010016

MOURA, F. N.; LEITE, R. C.; BEZERRA, J. A. B. A educação alimentar e nutricional no ensino de ciência/biologia à luz das publicações na SBEnBio. Revista de Ensino de Biologia da SBEnBio, v. 13, n. 1, pp. 172-192, 2020. DOI: https://doi.org/10.46667/renbio.v13i1.291

https://doi.org/10.46667/renbio.v13i1.291

MOYES, C. D.; SCHULTE, P. M. Princípios de fisiologia animal. Porto Alegre: Artmed, 2010.

NEVES, J. L. Pesquisa qualitativa- características, usos e possibilidades. Caderno de Pesquisas em Administração, v. 1, n. 3, pp. 1-5, 1996.

OMS. Obesidade entre crianças e adolescentes aumentou dez vezes em quatro décadas, revela novo estudo do Imperial College London e da OMS, 2017. Recuperado de https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5527:obesidade-entre-criancas-e-adolescentes-aumentou-dez-vezes-em-quatro-decadas-revela-novo-estudo-do-imperial-college-london-e-da-oms&Itemid=820

PATTON, M. Q. Qualitative research & evaluation methods. 3º ed. London: Sage, 2015.

RIBEIRO, L. D. T.; OLIVO, R. Ovo - Ingerir ou não ingerir? Brazilian Journal of Surgery and clinical Research, v. 17, n. 1, pp. 07-13, 2017.

RIGHI, M. M. T.; FORGIARINI, A. M. C.; CORREA, T. M. Q. S.; FOLMER, V.; SOARES, F. A. A. Concepções de estudantes do ensino fundamental sobre a alimentação digestão. Revista Ciência & Ideias, v. 4, n. 1, pp. 1-17, 2012.

RAMOS, F. P.; SANTOS, L. A. S.; REIS, A. B. C. Educação alimentar e nutricional em escolares: uma revisão de literatura. Caderno de Saúde Pública, v. 29, n. 11, pp. 2147-2161, 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00170112

https://doi.org/10.1590/0102-311x00170112

PMid:24233031

RANGEL, M. Educação e saúde: uma relação humana, política e didática. Educação, v. 32, n. 1, pp. 59-64, 2009.

ROSSI, A.; MOREIRA, E. A. M.; RAUEN, M. S. Determinantes do comportamento alimentar: uma revisão com enfoque na família. Revista nutrição, v. 24, n. 6, pp. 739-748, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/S1415-52732008000600012.

https://doi.org/10.1590/S1415-52732008000600012

RUIZ, M. Alimentos naturales vs alimentos artificiales ¿un problema real de nutrición?: una propuesta, de enseñanza para grado sexto a partir de las cuestiones sociocientíficas, Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, v. 9, n. 1, p. 62-77, 2014.

SILVA, M. A. C.; FONSECA, A. J. S; SOUZA, D. N. Física e nutrição: interdisciplinaridade do conceito de energia. Revista Fórum identidade, v. 18, n. 18, pp. 123-138, 2015.

SILVA, M. S.; GARCIA, R. N. Base Nacional Comum Curricular: uma análise sobre a temática saúde. Revista Electrónica de Ensenãnza de las Ciencias, v. 19, n. 2, pp. 320-345, 2020.

SOARES, J. R. V.; OLIVEIRA, G. F. S. O papel da escola na construção de uma alimentação saudável. Revista científica multidisciplinar núcleo do conhecimento, v. 9, n. 1, pp. 176-186, 2019. DOI: 10.32749/nucleodoconhecimento.com.br/educacao/papel-da-escola.

https://doi.org/10.32749/nucleodoconhecimento.com.br/educacao/papel-da-escola

SOARES, E. L.; VIÇOSA, C. S. C. L.; PESSANO, E. F. C.; FOLMER, V. As representações do corpo humano nos livros didáticos de ciências. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, v. 13, n. 1, pp. 55-72, 2018. DOI: https://doi.org/10.14483/23464712.12018.

https://doi.org/10.14483/23464712.12018

TALAMONI, A. C. B., CALDEIRA, A. M. A. Ensino e aprendizagem de conteúdos científicos nas séries iniciais do ensino fundamental: o sistema digestório. Investigações em Ensino de Ciências, v. 22, n. 3, p. 1-15, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2017v22n3p01.

https://doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2017v22n3p01

TOMAZA, M., RAMOS, A. A. M., MENDES, L. L. Consumo de refrigerantes e fatores relacionados aos hábitos alimentares de crianças e adolescentes de escolas municipais da Região Nordeste de Juiz de fora. HU revista, v. 40, n. 3, pp. 189-1944, 2014.

VIDOR, P. C., FRISON, M. D., PANSERA, M. C. Apropriação de significados produzidos por estudantes do ensino médio sobre sistema digestório. In: XXI ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (ENACED) E I SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EDUCAÇÃO, n.1, 2020.

ZANCUL, M. S. Consumo alimentar de alimentos nas escolas de ensino fundamental em Ribeirão Preto (SP). Dissertação (Mestre em Saúde na Comunidade) - Departamento de Medicina Social, Universidade de São Paulo, p. 85, 2004.

Cómo citar

APA

Martho, F., Mendonça Duarte , R., & Biscalquini Talamoni , A. C. (2022). Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(3). https://doi.org/10.14483/23464712.18937

ACM

[1]
Martho, F., Mendonça Duarte , R. y Biscalquini Talamoni , A.C. 2022. Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias. 17, 3 (ago. 2022). DOI:https://doi.org/10.14483/23464712.18937.

ACS

(1)
Martho, F.; Mendonça Duarte , R.; Biscalquini Talamoni , A. C. Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório. Góndola enseñ. aprendiz. cienc. 2022, 17.

ABNT

MARTHO, F.; MENDONÇA DUARTE , R.; BISCALQUINI TALAMONI , A. C. Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, [S. l.], v. 17, n. 3, 2022. DOI: 10.14483/23464712.18937. Disponível em: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18937. Acesso em: 26 sep. 2022.

Chicago

Martho, Flávia, Rafael Mendonça Duarte, y Ana Carolina Biscalquini Talamoni. 2022. «Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17 (3). https://doi.org/10.14483/23464712.18937.

Harvard

Martho, F., Mendonça Duarte , R. y Biscalquini Talamoni , A. C. (2022) «Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório», Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(3). doi: 10.14483/23464712.18937.

IEEE

[1]
F. Martho, R. Mendonça Duarte, y A. C. Biscalquini Talamoni, «Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório», Góndola enseñ. aprendiz. cienc., vol. 17, n.º 3, ago. 2022.

MLA

Martho, F., R. Mendonça Duarte, y A. C. Biscalquini Talamoni. «Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, vol. 17, n.º 3, agosto de 2022, doi:10.14483/23464712.18937.

Turabian

Martho, Flávia, Rafael Mendonça Duarte, y Ana Carolina Biscalquini Talamoni. «Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17, no. 3 (agosto 18, 2022). Accedido septiembre 26, 2022. https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18937.

Vancouver

1.
Martho F, Mendonça Duarte R, Biscalquini Talamoni AC. Da nutrição à digestão: uma proposta contextualizada para o ensino do sistema digestório. Góndola enseñ. aprendiz. cienc. [Internet]. 18 de agosto de 2022 [citado 26 de septiembre de 2022];17(3). Disponible en: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18937

Descargar cita

Visitas

17

Dimensions


PlumX


Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.