Análisis del proceso inclusivo del alumno ciego en clases de física moderna

ANALYSIS OF THE INCLUSIVE PROCESS OF BLIND STUDENTS IN MODERN PHYSICS CLASSES

  • Eder Pires de Camargo Universidade Estadual Paulista
  • Roberto Nardi Universidade Estadual Paulista
  • Edval Rodrigues de Viveiros Universidade Estadual Paulista
Palabras clave: Inclusion, Visual impairment, Modern Physics. (en_US)

Resumen (es_ES)

Este artículo forma parte de un estudio que busca comprender cuales son las principales barreras y alternativas para la inclusión de alumnos con deficiencia visual en el contexto de la enseñanza de la Física. Se presentan y discuten tanto las dificultades como las viabilidades para la participación efectiva del alumno ciego de nacimiento en clases de física moderna. Por medio del análisis de contenido, se identifican seis tipos de clases que dificultan y cuatro que posibilitan el proceso. Como conclusión, se enfatiza en la importancia de la creación de ambientes de comunicación adecuados, la interacción como elemento de inclusión, así como la necesidad de la destitución de ambientes que segregan al interior de la clase.

Resumen (en_US)

This article is part of a study that seeks to understand the main barriers and alternatives for the inclusion of blind students in classes of modern physics. Both difficulties and feasibility are presented and discussed for the effective participation of this kind of student. Through content analysis, six types of classes have identified that impede the process development and four that make the process possible. In conclusion, it is very important to create and adequate communication environments, equally, it is important to understand the interaction as an inclusion element, just as it is important to end segregation environments inside the classroom.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977. 225 p.

CAMARGO, Eder Pires de. Ensino de Física e deficiência visual: dez anos de investigações no Brasil. São Paulo: Plêiade/FAPESP, 2008.

______ O ensino de Física no contexto da deficiência visual: elaboração e condução de atividades de ensino de Física para alunos cegos e com baixa visão. 2005. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo.

______ Um estudo das concepções alternativas sobre repouso e movimento de pessoas cegas. 2000. 218f. Dissertação (Mestrado em educação para a ciência) -- programa de Educação para a Ciência, Área de Concentração: Ensino de Ciências - Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Bauru, São Paulo.

DIMBLERY, Richard, Burton, Graeme. Mais do que Palavras: Uma Introdução à Teoria da Comunicação. 4ª ed. São Paulo: Cortez Editora, 1990.

EYSENCK, Michael William, KEANE, Mark. Cognitive Psychology: a student's handbook. London: Erlbaum, 1991.

MANTOAN, Maria Tereza. Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MACHADO, Daniel Iria. Construção de conceitos de física moderna e sobre a natureza da ciência com o suporte da hipermídia. 2006. 300f. Tese (Doutorado em educação para a ciência)- programa de Educação para a Ciência, Área de Concentração: Ensino de Ciências - Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Bauru, São Paulo.

MARTINO, Luiz. De qual comunicação estamos falando? In: Hohlfeldt, António; Martino, Luiz; França, Vera Veiga. (org). Teoria da comunicação: conceitos, escolas e tendências. 5ª edição, Petrópolis: Editora vozes, p. 11-25, 2005.

MITTLER, Peter. Educação inclusiva: contextos sociais. São Paulo: ARTMED, 2003

MORTIMER, Eduardo. SCOTT, Phil. Atividade discursiva nas salas de aula de ciências: uma ferramenta sociocultural para analisar e planejar o ensino. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre - RS, v.7, n.3, 2002.

RODRIGUES, Armindo. Contextos de Aprendizagem e Integração/Inclusão de Alunos com Necessidades Educativas Especiais. In: Ribeiro, Maria Luisa Sprovieri; Baumel, Roseli Cecília Rocha de Carvalho (ORG). Educação Especial - Do querer ao fazer. São Paulo: Avercamp, p. 13-26, 2003.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão: construindo uma sociedade para todos. 5ª edição, Rio de Janeiro: WVA Editora, 1999.

TATO, André Luiz. Material De Equacionamento Tátil Para Usuários Do Sistema Braille. 2009. 84f. Dissertação (mestrado). Centro Federal De Educação Tecnológica “Celso Suckow da Fonseca” (CEFET/RJ), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

ZABALA, Antoni. A prática Educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Cómo citar
de Camargo, E. P., Nardi, R., & Rodrigues de Viveiros, E. (2012). Análisis del proceso inclusivo del alumno ciego en clases de física moderna. Góndola, enseñanza Y Aprendizaje De Las Ciencias, 7(1), 7 - 31. https://doi.org/10.14483/23464712.5036
Publicado: 2012-01-01
Sección
ARTÍCULOS