A história da ciência em libros didáticos do 5° ano do ensino fundamental no Brasil e em Taiwan

Science history in textbooks for 5th grade education in Brazil and Taiwan

La historia de la ciencia en libros didácticos de quinto de primaria en Brasil y Taiwán

  • Kellys Regina Rodio Saucedo Universidade de São Paulo, Brasil https://orcid.org/0000-0002-8703-7388
  • Miao Shen Chen Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil
  • Cleria Maria Wendling Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil
  • Vilmar Malacarne Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil
Palabras clave: Textbooks, Primary school, International comparative studies (en_US)
Palabras clave: libros de texto, básica primaria, estudios comparativos internacionales (es_ES)
Palabras clave: livro didático, ensino básico, educação internacional (pt_BR)

Resumen (pt_BR)

La presente investigación comprende el análisis de contenidos de Historia de la Ciencia en libros didácticos de Ciencias Naturales utilizados en escuelas de Enseñanza Fundamental y años iniciales. En concreto, se constituyeron  como objeto de estudio los libros didácticos del 5º año seleccionados –por los municipios de Cascavel, Paraná (BR) y de Kaohsiung (高雄), Taiwán (台灣)– para uso en las aulas. En el caso de los libros de texto, se basan en las siguientes problemáticas: "¿cuáles son los contenidos de Historia de las Ciencias y cómo se abordan en estos libros didácticos?". Y, basados en el instrumento analítico, elaborado por Laurinda Leite, procedemos a la argumentación acerca de tres dimensiones categóricas: tipo y organización de la información histórica; propuestas de actividades que involucran la Historia de la Ciencia; y el estado del contenido histórico. Los resultados, emanados de la investigación cualitativa de los libros nacionales e internacionales, indicaron la presencia de contenidos sobre la Historia de las Ciencias en todos los libros analizados. Teniendo, sin embargo, especificidades en cuanto a la presentación de esos contenidos. En el estudio fue posible todavía plantear consideraciones sobre el potencial de los estudios comparativos para la comprensión de las concepciones sobre la enseñanza de la Ciencia aplicada en esos países.

Resumen (en_US)

This study analyzes the science history contents found in natural science textbooks used in 5th-grade classrooms in the municipalities of Cascavel, Paraná (BR) and Kaohsiung (高雄), Taiwan (台灣). Our research question was, what are the contents of science history and how are they addressed in the textbooks? Using Laurinda Leite’s analytical instrument, we assumed three categorical dimensions: ways of organizing historical information, proposals for activities involving science history, and the quality of historical content. The results of this qualitative research on textbooks in two countries showed science history contents in all the books analyzed. However, there were differences in the presentation of the contents. We raise the potential of comparative studies for understanding concepts in the teaching of applied science in the two countries.

Resumen (es_ES)

A presente investigação compreende a análise de conteúdos de História da Ciência em livros didáticos de Ciências utilizados em escolas do Ensino Fundamental, anos iniciais. Especificamente, constituíram-se objeto de estudo os livros didáticos dos 5os anos selecionados para uso em sala de aula pelos municípios de Cascavel, Paraná (BR) e de Kaohsiung (高雄), Taiwan(台灣). Norteados pelas seguintes problemáticas: “quais são os conteúdos de História das Ciências e como eles são abordados nesses livros didáticos”. Embasados no instrumento analítico elaborado por Laurinda Leite, procedemos a argumentação a respeito de três dimensões categóricas: tipo e organização da informação histórica; propostas de atividades envolvendo a História da Ciência; e status do conteúdo histórico. Os resultados, emanados da pesquisa qualitativa dos livros de dois países, indicaram a presença de conteúdos sobre a História das Ciências em todos os livros analisados, tendo, no entanto, especificidades quanto à apresentação desses conteúdos. No estudo foi possível ainda tecer considerações sobre o potencial dos estudos comparativos para compreensão das concepções sobre o ensino de Ciência assumido nesses países.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Kellys Regina Rodio Saucedo, Universidade de São Paulo, Brasil

Mestre em Educação. Doutoranda pela Universidade de São Paulo, Brasil.

Miao Shen Chen, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil

Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil.

Cleria Maria Wendling, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil

Mestre em Educação. Doutoranda pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil.

Vilmar Malacarne, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil

Doutor em Educação. Professor Associado da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil.

Referencias

BIZZO, N. Intervenções alternativas no ensino de Ciências no Brasil. In: ENCONTRO PERSPECTIVAS DO ENSINO DE BIOLOGIA, 6. São Paulo-SP. Anais... São Paulo, pp. 94-99, 1997.

CACHAPUZ, A. et al. A Necessária renovação do ensino das ciências. Cortez. São Paulo: Brasil. 2005.

CARNEVALLE, M.R. Ligados. Com: ciências, 5º ano: ensino fundamental: anos iniciais. Saraíva. São Paulo: Brasil. 2014.

CARVALHO, A.M.P. et al. Ciências no Ensino Fundamental: o Conhecimento Físico. Scipione. São Paulo: Brasil. 1998.

CASCAVEL. Secretaria Municipal de Educação. Currículo para Rede Pública Municipal de Ensino de Cascavel. v. II. Ensino fundamental - anos iniciais. Ed. Progressiva. Cascavel, PR. 2008.

CHEN, S. H. et al. Ciências da Natureza e Tecnologias da Vida: ensino fundamental: anos iniciais (自然與生活科技-國民小學第五冊), v. 5. 2a. ed. Kanxun. Taipei, Taiwan. 2015.

CHEN, S. H. et al. Ciências da Natureza e Tecnologias da Vida: ensino fundamental: anos iniciais (自然與生活科技-國民小學第六冊), v. 6. 2a. ed. Kanxun. Taipei, Taiwan. 2016.

DUSCHL, R. Renovar la enseñanza de las ciencias: importancia de las teorias y su desarrollo. Narcea. Madrid: Espanha. 1997.

FOUREZ, G. Crise no ensino de ciências? Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 8, n. 2, pP. 109-123, 2003.

GOLDSCHMIDT, A. I. O ensino de Ciências nos séries iniciais: sinalizando possibilidades de mudanças. 225f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências: saúde e química da vida). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria-RS, 2012.

GONÇALVES, M.E.R.; CARVALHO, A.M. de. Conhecimento Físico nas primeiras séries do 1º Grau: o problema do submarino. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 90, pp. 72-80, ago. 1994.

LEITE, L. History of Science in Science Education: development and validation of checklist for analysing the historical content of science textbooks. Science and Education, Dordrecht, Holanda, v. 11, n. 4, pp. 333-359. 2002. https://doi.org/10.1023/A:1016063432662

LI, S. H.; WU, J. M. A study of analyzing the historical contente of elementar Science and technology textbooks. Educacional Journal of NHCE, Taiwan, Hsinchu, v. 2, n. 25, pp. 1-31. dez. 2008.

LIMA, M.E.C. de C.; MAUÉS, E. Uma releitura do papel da professora das séries iniciais no desenvolvimento e aprendizagem de ciências das crianças. Ensaio - Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, MG. Brasil, v. 8, n. 2, pp. 161-175, dez. 2006. https://doi.org/10.1590/1983-21172006080207

MALACARNE, V.; STRIEDER, D.M. O desvelar da Ciência nos anos iniciais do Ensino Fundamental: um olhar pelo viés da experimentação. Vivências, Rio Grande do Sul, n. 5, v. 7, pp. 75-85. maio 2009.

MORI, R. C.; CURVELO, A. A. da S. Livros de Ciências para as séries iniciais do Ensino Fundamental: a Educação em Química e as influências do PNLD. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, RS, Brasil, v. 18, n. 3, pp. 545-561. 2013.

OLIVEIRA, C. M. A. de; CARVALHO, A. M. P. de. Escrevendo em aulas de Ciências. Ciência e Educação, Bauru, SP, v. 11, n. 3, pp. 347-366. 2005. https://doi.org/10.1590/S1516-73132005000300002

Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OECD). Programa for international student assessment (PISA) Results from PISA 2015. 2016. Disponível em: <https://www.oecd.org/pisa/PISA-2015-Brazil-PRT.pdf>. Acesso em: 20 de maio de 2018.

PAN, J. Y. A study of analyzing the historical contente of secundar Science an technology textbooks. Dissertação (Graduate Institute of Mathematics anda Science Education). National Tsing Hua Unniversity, Hsinchu City, Taiwan, 2010.

PEREIRA, A. I.; AMADOR, F. A História da Ciência em manuais escolares de Ciências da Natureza. Revista Electrônica de Enseñanza de las Ciências, Espanha, v. 6, n. 1. 2007.

PIRES, E. A. C.; MALACARNE, V. A formação do professor de Ciências para os anos iniciais do Ensino Fundamental: um olhar para os cursos de Pedagogia presencial de Cascavel/PR. Revista Acta Scientiae, Canoas-RS, v. 18, n. 1, pp. 186-203. 2016.

ROSA, C. W.; PEREZ, C. A. S.; DRUM, C. Ensino de Física nas Séries Iniciais: Concepções da Prática Docente. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, RS, Brasil, v. 12, n. 3, pp. 357-368. 2007.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Almejando a alfabetização cientifica no ensino fundamental: a proposição e a procura de indicadores do processo. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 13, pp. 333-352. 2008.

SEDANO, L.; CARVALHO, A. M. P. Ensino de Ciências por Investigação: Oportunidades de Interação Social e sua Importância para a Construção da autonomia Moral. Alexandria: R. Educ. Ci.Tec., Florianóplis, v. 10, n. 1, pp. 199-220. maio. 2017. https://doi.org/10.5007/1982-5153.2017v10n1p199

SHI, J. Y. et al. Ciências da Natureza e Tecnologias da Vida: ensino fundamental: anos iniciais (自然與生活科技-國民小學), v. 5, código 1705. 2a. ed. Kanxun. Tainan, Taiwan. 2015.

SHI, J. Y. et al. Ciências da Natureza e Tecnologias da Vida: ensino fundamental: anos iniciais (自然與生活科技-國民小學), v. 6, código 1747. 2a. ed. Kanxun. Tainan, Taiwan. 2016.

TAIWAN, Ministério da Educação da República da China, n.0920028081, Currículo das Ciências no Ensino Fundamental dos anos iniciais de Taiwan. Taipei, Taiwan. 2010.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL (UNESCO-Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.). New Trends in Primary School Science Education: v. 1 (Teaching of Basic Sciences). Paperback - Import, Jun. 1983.

VIECHENESKI, J. P.; CARLETTO, M. Por que e para quê ensinar ciências para crianças. R. Bras. de Ensino de Ciência e Tecnologia, Ponta Grossa-Pr, v. 6, n. 2, maio-ago., 2013. https://doi.org/10.3895/S1982-873X2013000200014

VIDAL, P. H. O.; PORTO, P. A. A história da Ciência nos livros didáticos de Química do PNLEM 2007. Ciência e Educação, São Paulo, Bauru, v. 18, n. 2, pp. 291-308. 2012. https://doi.org/10.1590/S1516-73132012000200004

Cómo citar
Rodio Saucedo, K. R., Chen, M. S., Wendling, C. M., & Malacarne, V. (2019). La historia de la ciencia en libros didácticos de quinto de primaria en Brasil y Taiwán. Góndola, enseñanza Y Aprendizaje De Las Ciencias, 15(1), 13-27. https://doi.org/10.14483/23464712.14247
Publicado: 2019-12-25
Sección
ARTÍCULOS