A nanotecnologia na concepção de estudantes do ensino médio: o desenho como elemento de análise

THE NANOTECHNOLOGY IN CONCEPTIONS OF HIGH SCHOOL STUDENTS: DRAWING AS ANALYSIS ELEMENT

  • Ariane Baffa Lourenço Universidade Federal da Grande Dourados
  • Pedro Donizete Colombo Junior Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • José Guilherme Licio Universidade de São Paulo
  • Daniel Fernando Bovolenta Ovigli Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) http://orcid.org/0000-0002-4057-547X
Palabras clave: Nanotechnology, Science and technology, Drawing, Teaching, Learning (en_US)
Palabras clave: Nanotecnologia, . Ciência e tecnologia, Desenho, Ensino, Formação (pt_BR)

Resumen (pt_BR)

A nanotecnologia ti iergido como um campo amplo, promissor e com grande impacto na sociedade, o que acaba por requerer a abordagem desta tematica no contexto escolar da Educação Básica. Neste estudo exploramos as concepções que estudantes dos três anos do Ensino Médio de uma escola pública brasileira apresentam sobre nanotecnologia, a partir de desenhos sobre a tematica por eles produzidos. Identificamos que a maioria dos alunos relaciona a nanotecnologia a aparelhos eletrônicos e circuitos eletrônicos, uma pequena quantidade apresenta uma relação da nanotecnologia com átomos e moléculas e faz uma relação desta área do conhecimento com escala de tamanho. Além disso, observamos que não há diferença significativa das concepções dos alunos com relação à série do ensino médio que cursa. Resultados desta pesquisa indicam que propiciar momentos de reflexão sobre nanotecnologia no contexto escolar torna-se fundamental para que os estudantes tenham a percepção de seu cotidiano imediato, mesmo aquele que nossa percepção visual não evidencia, e desta forma contribui para inserir conteúdos modernos das Ciências da Natureza em especial, nesta etapa de escolarização. Adicionalmente, a inserção de tópicos relacionados coloca-se como dianda na formação inicial (e também continuada) de professores, uma vez que o processo de ensino e aprendizagem carece da busca por novas metodologias de ensino e formas de verificação da aprendizagem e entendimento dos educandos, e nem sempre os professores estão preparados, como foi apontado pela docente dos alunos que participou desta pesquisa. 

Resumen (en_US)

Nanotechnology has emerged as a broad field promising a major impact on society, which ultimately requires the approach of this subject in schools of basic education. In this study, we explore concepts that Brazilian High School students have about nanotechnology, from drawings produced by them. We found that most students relate nanotechnology to electronics and electronic circuits and a reduced number consider nanotechnology related to atoms/molecules and their connections between this knowledge area with size scale. In addition, we observed that there is no significant difference between students' conceptions regarding the different years of High School. Other results of this research indicate that providing reflection moments about this subject in the school context it is essential for students to recognize the perception of their immediate daily life, even when our visual perception does not show anything, and thus contribute to include modern contents, in the Natural Sciences, particularly to this schooling stage. Additionally, the inclusion of these topics is placed as important in initial (and continuous) teachers training, since the process of teaching and learning requires a search for new teaching methods and teachers are not always prepared, as pointed out by the teacher who participated in this research.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Ariane Baffa Lourenço, Universidade Federal da Grande Dourados
Doutora em Ensino de Física, docente da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Brasil.
Pedro Donizete Colombo Junior, Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Doutor em Ensino de Física, docente da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Brasil.
José Guilherme Licio, Universidade de São Paulo
Bacharel em Física, mestrando da Universidade de São Paulo, Brasil. 
Daniel Fernando Bovolenta Ovigli, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Doutor em Educação para a Ciência, docente da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Brasil. 

Referencias

ALFONSO, A. B. Situação atual da divulgação e do treinamento em nanociência e nanotecnologia no Brasil. Mundo Nano, v. 4, n.° 2, 22-28, 2011.

ALFORD, K. CALATI, F., CLARKE, A., BINKS, P. N. Creating a Spark for Australian Science Through Integrated Nanotechnology Studies at St. Helena. Journal of Nano Education, v. 1, n.° 1, 68-74, 2009.

BAPTISTA, G. C. S. Os desenhos como instrumento para investigação dos conhecimentos prévios no ensino de ciências: um estudo de caso. In: VII Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências. Florianópolis, Brasil. 2009.

BRASIL. Sociedade Brasileira de Fìsica (SBF). Enfrentamentos do Ensino de Física na Sociedade Contemporânea. In: XXI Simpósio Nacional de Ensino de Física – SNEF. Uberlândia, Brasil. 2015. Disponível em: <http://www.sbfisica.org.br/~snef/xxi/>.

CHAGAS, M. S., STUDART, D. C., VIEIRA, A. C. M., FARIA, A. C. G., AMARAL, A. L., COSTA, P. N., SOARES, N. F. Museus e Público Jovem: percepções e receptividades. Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio, v. 3, n.° 1, 49-66, 2010.

COSTA, M. A. F. da; COSTA, M. F. B. da; LIMA, M. C. A. B. LEITE, S. Q. M. O desenho como estratégia pedagógica no ensino de ciências: o caso da biossegurança. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 5, n.° 1, 2006.

DERDYK, E. Formas de Pensar o desenho: desenvolvimento do grafismo infantil. São Paulo, Brasil, 1989.

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA. National Nanotechnology Initiative. Education Training. Disponível em <http://www.nano.gov/education-training>. Acessado em 9 Ago. 2016.

HASMY, A. Formación y divulgación de la nanotecnología en Venezuela: situación y perspectiva. Mundo Nano, v. 4, n.° 2, 72-82, 2011.

JESUS, I. P., HIGA, I. Nanotecnologia e Ensino Médio: Uma revisão bibliográfica sobre propostas didáticas. In: IV Simpósio Nacional de Ensino de Ciências e Tecnologia. Ponta Grossa, Brasil. 2014.

LEITE, I. S., LOURENÇO, A. B., LICIO, J. G., HERNANDES, A. C. Uso do método cooperativo de aprendizagem Jigsaw adaptado ao ensino de nanociência e nanotecnologia. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 35, n.° 4, 4504/1 – 4504/7, 2013.

LEONEL, A. A. Nanociência e Nanotecnologia: uma proposta de ilha interdisciplinar de racionalidade para o Ensino de Física Moderna e Contemporânea no Ensino Médio. 163 f. Mestrado em Educação Científica e Tecnológica. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil, 2010. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/94571/276442.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acessado em 9 Ago. 2016.

MARTINS, P. R. Nanotecnologia, Sociedade e Meio Ambiente no Brasil: Perspectivas e Desafios. In: II Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade. Indaiatuba, Brasil. 2004.

MEYYAPPAN, M. Nanotechnology education and training. Journal of Materials Education, Ciudad, v. 26, n.° 3-4, 311-320, 2004.

OSTERMANN, F., FERREIRA, L. M., CAVALCANTI, C. J. H. Tópicos de Física Contemporânea do Ensino Médio: um texto para professores sobre supercondutividade. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 20, n.° 3, 270-288, 1998.

PERALES, F. J., JIMÉNEZ, J. D. Las ilustraciones en la enseñanza-aprendizaje de las ciencias. análisis de libros de texto. Enseñanza de las Ciencias, v. 20, n.° 3, 369-386, 2002.

PERES, M. R. O desenho no Ensino de Ciências – investigando possibilidades metodológicas. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, 1993. Disponível em: <http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/Ciencias/Dissertacoes/Peres.pdf>. Acesso em 23 de Set. de 2016.

PLENTZ, F., FAZZIO, A. Considerações sobre o Programa Brasileiro de Nanotecnologia. Ciência e Cultura, v. 65, n.° 3, 2013.

ROCO, M. C., MIRKIN, C. A., HERSAM, M. C. Nanotechnology research directions for societal needs in 2020: summary of international study. Journal of Nanoparticles Research, v. 13, 897-919, 2011.

ROSSATO, J., GRANADA, M. A., FAGAN, S. B. Análise investigativa da percepção de alunos do ensino médio a respeito do tema nanociência e nanotecnología. In: XIX Simpósio Nacional de Ensino de Física – SNEF. Manaus, Brasil. 2011.

SCHULZ, P. A. B. Nanociência de baixo custo em casa e na escola. Física na Escola, v. 8, n.° 1, 4-9, 2007.

SERENA, P. A., TUTOR, J. D. La divulgación y la formación de la nanociencia y la nanotecnología en España: un largo camino por delante. Mundo Nano, v. 4, n.° 2, 48-58, 2011.

SHAW, D. T. An introductory course on nanotechnology to Foster creativity and entrepeneurial thinking. In: International Conference on Engineering Education. Oslo, Noruega. 2001.

TOMA, H. E. O Mundo Nanométrico, a Dimensão do Novo Século. São Paulo, Brasil, 2004.

UDDINI, M., CHOWDHURY, A. R. Integration of Nanotechnology into the Undergraduate Engineering Curriculum. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ENGINEERING EDUCATION, Oslo, Noruega. 2001.

ZANELLA, I., FAGAN, S. B., BISOGNIN, V., BISOGNIN, E. Abordagens am nanociência e nanotecnología para o ensino médio. In: XVIII SIMPÓSIO NACIONAL DE ENSINO DE FÍSICA – SNEF. Vitória, Brasil. 2009.

Cómo citar
Baffa Lourenço, A., Colombo Junior, P. D., Guilherme Licio, J., & Bovolenta Ovigli, D. F. (2017). A nanotecnologia na concepção de estudantes do ensino médio: o desenho como elemento de análise. Góndola, enseñanza Y Aprendizaje De Las Ciencias, 12(1), 27-42. https://doi.org/10.14483/udistrital.jour.gdla.2017.v12n1.a2
Publicado: 2017-01-01
Sección
ARTÍCULOS