A natureza da ciência e o erro: reflexões sobre o conto “ótima é a água” por alunos de ensino médio

The nature of science and error: reflections on the short story “excellent is the water” for high school students

  • Débora Piai Cedran Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.
  • Alex Lino Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.
  • Marcos Cesar Danhoni Neves Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.
  • Neide Maria Michellan Kiouranis Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.
Palabras clave: science conception, error, Bachelard's epistemology. (en_US)
Palabras clave: Concepção de Ciências, erro, epistemologia de Bachelard (pt_BR)

Resumen (pt_BR)

Este artigo apresenta resultados parciais de um estudo que teve como objetivo analisar as concepções de Ciências, do perfil do cientista e do desenvolvimento científico, de alunos do Ensino Médio por intermédio de atividades realizadas com base no conto denominado “Ótima é a água” de Primo Levi. Seu conteúdo possibilitou a discussão acerca da importância de se romper com a visão empírico-indutiva da Ciência, bem como a importância do erro no desenvolvimento científico. A epistemologia de Bachelard norteou o estudo que teve como instrumento de recolha de dados um questionário composto de questões abertas, respondido pelos alunos, no final da atividade. O principal contributo deste estudo relaciona-se com as reflexões e contradições geradas e a compreensão da importância de se considerar o erro na construção da Ciência e do desenvolvimento científico.

Resumen (en_US)

This paper presents results of a study that aimed to analyze conceptions of science, scientist's profile and scientific development of High School's students through activities based on the so-called short story "Excellent is the Water” by Primo Levi. Its contents promote discussions about the importance of breaking the empirical-inductive view of science as well as the importance of error in scientific development. Bachelard's epistemology guided the study using as a data collection instrument a questionnaire with open questions answered by students at the end of the activity. The main contribution of this study relates to generating reflections and contradictions and, understanding the importance of error in constructions of science and scientific development.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Débora Piai Cedran, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.
Possui graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual de Maringá (2004) e mestrado em Educação Para a Ciência e o Ensino de Matemática pela Universidade Estadual de Maringá (2007). Atualmente é professora da Universidade Estadual de Maringá e doutoranda no Programa de Pós-graduação em Educação para a Ciência e a Matemática pela Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Ensino de Química.
Alex Lino, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.
Doutorando em Educação. Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e a Matemática. Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.
Marcos Cesar Danhoni Neves, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.

Doutor em Educação. Docente do Departamento de Física e Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática. Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR.

Neide Maria Michellan Kiouranis, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Brasil.

Doutora em Ensino de Ciências. Docente do Departamento de Química e Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática. Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR. 

Referencias

ACEVEDO DIAZ, J. A.; VÁZQUEZ, A.; PAIXÃO, M. F.; ACEVEDO, P.; OLIVA J. M.; MANASSERO, M. A. Mitos da didática das Ciências acerca dos motivos para incluir a Natureza da Ciência no ensino das Ciências. Ciência & Educação, v.11, n.1, p.1-15, 2005.

ALVES-MAZZOTTI, A. J.; GEWANDSZNAJDER, F. O Método nas Ciências Naturais e Sociais: Pesquisa Quantitativa e Qualitativa. São Paulo: Pioneira, 1998.

BACHELARD, G. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de janeiro: Contraponto, 1996.

BACHELARD, G. A. O materialismo racional. Tradução de João Gama. Lisboa: Edições 70, 1953.

CACHAPUZ, A. F. C.; GIL-PÉREZ, D.; PRAIA, J. F. Problema, teoria e observação em Ciência: para uma reorientação epistemológica da educação em Ciência. Ciência & Educação, v.8, n.1, p.127- 145, 2002.

DELIZOICOV, D.; FERRARI, N.; SCHEID, N. M. J. Concepções sobre a natureza da Ciência num curso de Ciências biológicas: imagens que dificultam a educação científica. Investigações em Ensino de Ciências, v.12, n.2, p.157-181, 2007.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. Tradução Joice Elias Costa. 3ª ed. Porto Alegre: Artemed, 2009.

GOMES, R. Análise e Interpretação de Dados de Pesquisa Qualitativa. In: MINAYO, C. S. (Org). Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade (p 79 – 108). 28ª ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

KOSMINSKY, L.; GIORDAN, M. Visões sobre Ciências e sobre o Cientista entre Estudantes do Ensino Médio. Química Nova na Escola, v. 15, p. 11-18, 2002.

KUHN, T. A Estrutura das Revoluções Cientificas. São Paulo: Perspectiva, 2003.

LEVI, P. 71 Contos de Primo Levi. São Paulo: Cia das Letras, 2005.

LOPES, A. R. C. Bachelard: O filósofo da desilusão. Caderno Catarinense do Ensino de Física, Florianópolis, v.13, n.3, p. 248-273, 1996.

MATTHEWS, M. R. Historia, filosofía y enseñanza de las ciencias: la aproximación actual. Enseñanza de lasCiencias, Barcelona, v. 12, n. 2, p. 255-277, 1994.

OLEQUES, L. C.; BOER, N.; BARTHOLOMEI-SANTOS M. L. Reflexões acerca das diferentes visões sobre a natureza da Ciência e crenças de alunos de um curso de Ciências Biológicas. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 12, n.1, p. 110-125, 2013.

OSTERMANN, F. A epistemologia de Kuhn. Caderno Catarinense do Ensino de Física, Florianópolis, v.13, n.3, p. 184-196, 1996.

PARENTE, L. T. S. Bachelard e a Química: no ensino e na pesquisa. Fortaleza: Ed. da Universidade Federal do Ceará, 1990.

PETRUCCI, D.; DIBARURE, M. C. Imagen de la Ciencia en alumnos universitarios: una revisión y resultados. Enseñanza de lãs Ciencias. Barcelona, v. 2, n. 19, p. 217-229, 2001.

POMPEU, S. F. C.; ZIMMERMANN, E. Concepções sobre Ciência e ensino de Ciências de alunos da EJA. In: VII Encontro Nacional De Pesquisa Em Educação Em Ciência, 2009, Florianópolis. Anais do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciência. Universidade Federal de Santa Catarina, 2009.

SILVA, I. B. Inter-relação: A pedagogia da Ciência. Uma Leitura do Discurso Epistemológico de Gaston Bachelard. Ijuí: Unijuí, 1999.

SILVA, O. H. M.; LABURÚ, C. E.; NARDI, R. Contribuições da reconstrução racional didática no desenvolvimento de concepções epistemologicamente mais aceitáveis sobre a natureza da Ciência e do progresso científico. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências Ensaio. Belo Horizonte, v. 14, n. 01, p.65-80, 2012.

Cómo citar
Cedran, D. P., Lino, A., Neves, M. C. D., & Kiouranis, N. M. M. (2017). A natureza da ciência e o erro: reflexões sobre o conto “ótima é a água” por alunos de ensino médio. Góndola, enseñanza Y Aprendizaje De Las Ciencias, 12(1), 43-56. https://doi.org/10.14483/udistrital.jour.gdla.2017.v12n1.a3
Publicado: 2017-01-01
Sección
ARTÍCULOS