DOI:

https://doi.org/10.14483/23464712.18213

Publicado:

2022-06-15

Número:

Vol. 17 Núm. 2 (2022): v17, n2, 2022

Sección:

ARTÍCULOS

Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais

Didactic Experimentation And The "Manual Do Mundo" From The Point Of View Of Natural Science Teachers

Experimentación Didáctica Y El "Manual Do Mundo" Desde La Perspectiva De Los Profesores De Ciencias Naturales

Autores/as

  • Wanessa Universidade de Brasília
  • Jeane Cristina Gomes Rotta Universidade de Brasília

Palabras clave:

Natural sciences., Elementary school, Experimental teaching, Remote learning (en).

Palabras clave:

Ciências da natureza, Ensino fundamental, Ensino experimental, Ensino remoto (pt).

Palabras clave:

Ciencias de la naturaleza, Enseñanza primaria, Enseñanza experimental , Enseñanza remota (es).

Resumen (pt)

A experimentação é considerada como um recurso pedagógico capaz de promover o ensino e a aprendizagem das Ciências. No entanto, devido a pandemia da COVID-19 as práticas pedagógicas precisaram ser alteradas em função do ensino remoto emergencial. Nesse contexto, os professores enfrentaram inúmeros desafios para rapidamente pensarem em alternativas didáticas e metodológicas para adequarem suas aulas para essa nova realidade. Portanto, essa pesquisa teve como objetivo conhecer se a seleção de um conjunto de vídeos de experimentos do canal de Youtube "Manual do Mundo” poderia contribuir com as aulas de Ciências nos anos finais do ensino fundamental. A metodologia foi qualitativa e teve dois momentos; primeiramente foram selecionados e analisados os vídeos disponíveis no canal em questão, que posteriormente foram categorizados.  No segundo momento, essa seleção de vídeos foi disponibilizada para professores de Ciências a fim de que fosse avaliada a pertinência de utilizá-la em suas aulas. Os dados obtidos, em ambos os momentos da pesquisa, foram analisados de acordo com a Análise de Conteúdo. Os resultados indicaram que os professores consideraram que a seleção de vídeos contribuiu para diversificar as aulas remotas, promovendo uma maior participação dos alunos e despertando o interesse pelos conteúdos que estavam sendo ensinados. Na visão dos docentes participantes, essa seleção poderia ser usada, também, nas aulas presenciais, pois alguns não dispõem de espaço e material para realizarem experimentos em suas escolas. Portanto, essa seleção de vídeos com experimentos contribui com a prática pedagógica dos professores que participaram da pesquisa, posto que promoveu maior participação dos estudantes nas aulas de Ciências, no contexto remoto.

Resumen (en)

Experimentation is considered a pedagogical resource capable of promoting the teaching and learning of science. However, given the COVID-19 pandemic, pedagogical practices changed due to urgent remote education. In this context, teachers faced numerous challenges to the quick thinking of didactic and methodological alternatives to adapt their classes to this new reality. Therefore, this research studied whether the proposal to choose videos of experiments from the YouTube channel "Manual do Mundo" could contribute to Science classes in the last years of elementary school. The methodology was qualitative and had two moments; First, teachers choose a set of videos available on the channel, analyze and categorize it. In the second moment, science teachers studied the relevance of using it in their classes. Data collected in both moments of the investigation, were analyzed through Content Analysis techniques. Results indicate teachers considered that this selection of videos contributed to diversifying distance classes, promoting greater student participation, and arousing interest in the content taught. In the opinion of the participating teachers, this selection could also be used in face-to-face classes, since some institutions do not have the space and material to carry out experiments. Therefore, this selection of experimental videos contributed to the pedagogical practice of teachers who participated, since it promoted participation of their students in science classes, in the remote context.

Resumen (es)

La experimentación se considera un recurso pedagógico capaz de promover la enseñanza y el aprendizaje de la ciencia. Sin embargo, dada a la pandemia de COVID-19, las prácticas pedagógicas debieron cambiarse debido a la enseñanza remota de urgencia. En este contexto, los docentes se enfrentaron a numerosos desafíos para pensar rápidamente en alternativas didácticas y metodológicas para adaptar sus clases a esta nueva realidad. Por lo tanto, esta investigación estudió si la propuesta de seleccionar videos de experimentos del canal de Youtube "Manual do Mundo", podría contribuir a las clases de Ciencias en los últimos años de la escuela primaria. La metodología fue cualitativa y tuvo dos momentos; en primer lugar, fueron seleccionados y analizados los videos disponibles en el canal de que se trata, que luego fueron categorizados. En un segundo momento, esta selección de videos se puso a disposición de los profesores de Ciencias para evaluar la relevancia de usarla en sus clases. Los datos obtenidos, en ambos momentos de la investigación fueron analizados mediante técnicas de Análisis de Contenido. Los resultados indican que los docentes consideraron que la selección de videos contribuyó a diversificar las clases a distancia, promoviendo una mayor participación de los estudiantes y despertando el interés por los contenidos que fueron enseñados. En opinión de los docentes participantes, esta selección también podría utilizarse en clases presenciales, pues algunos no tienen el espacio y material para realizar experimentos en sus escuelas. Por tanto, esta selección de videos experimentales contribuyó a la práctica pedagógica de los docentes que participaron en la investigación, puesto que se promovió mayor participación de sus estudiantes en las clases de Ciencias, en el contexto remoto.

Referencias

ABREU, R. G.; CÉSAR, N. T. B. S. L. Base Nacional Comum Curricular (BNCC): reflexões para o ensino de Química e a prática docente. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE QUÍMICA, 18, Florianópolis. Anais eletrônico, Florianópolis: ENEQ, 2016.

ALMEIDA, L. C.; DALBEN, A. (Re)organizar o trabalho pedagógico em tempos de COVID-19: no limiar do (im)possível. Educação & Sociedade, Campinas, v. 41, e239688, p. 1-20, 2020.

https://doi.org/10.1590/es.23968

ALVES, E. M.; MESSEDER, J. C. Elaboração de um vídeo com enfoque ciência-tecnologia-sociedade (CTS) como instrumento facilitador do ensino experimental de ciências. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 7, 2009, Florianópolis. Anais eletrônico, Rio de Janeiro: ABRAPEC, 2009.

ARANHA, C. et al. O YouTube como Ferramenta Educativa para o ensino de ciências. Olhares & Trilhas, Uberlândia, v.21, n.1, p. 10-25, 2019.

https://doi.org/10.14393/OT2019v21.n.1.46164

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, LDA, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: educação infantil e ensino fundamental - 3ª versão, Brasília, 2017.

BORBA et al. Percepções docentes e práticas de ensino de Ciências e biologia na pandemia: uma investigação da Regional 2 da SBEnBio. Revista de Ensino de Biologia da SBEnBio, Florianópolis, v. 13, n. 1, p. 153-171, 2020.

https://doi.org/10.46667/renbio.v13i1.337

CARVALHO, A. V. A modernidade, o ensino de Ciências e a geração net: a experimentação como estratégia motivacional. Góndola, Ensenãnza y Aprendizaje de las Ciencias, Bogotá, v. 8, n. 1, p. 36-53, 2013.

FARIA, R. C. B. Experimentação remota como suporte no ensino e aprendizagem de Ciências e Biologia. Tese do Programa de Pós-Graduação Multiunidades em Ensino de Ciências e Matemática da Universidade de Campinas, Campinas, 2019.

FRANCISCO JUNIOR, W. E.; BENIGNO, A. P. A. Produção de vídeos amadores de experimentos: algumas contribuições para se pensar o processo educativo. Revista Exitus, Santarém, v. 8, n. 2, p. 244 - 272, 2018.

https://doi.org/10.24065/2237-9460.2018v8n2ID536

FRANCISCO JUNIOR, W. E.; SANTOS, R. I. Experimentação mediante vídeos: concepções de licenciandos sobre possibilidades e limitações para a aplicação em aulas de química. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Curitiba, v. 4, n. 2, p.105-125, 2011.

https://doi.org/10.3895/S1982-873X2011000200006

GOMES, F.; OLIVEIRA, M. A. de. O manual do mundo: as derivas da educação química ciências. ACTIO: Docência em Ciências, Curitiba, v. 3, n. 1, p.248-267, 2018.

https://doi.org/10.3895/actio.v3n1.6859

HODSON, D. Experimentos na ciência e no ensino de ciências. Educational philosophy and theory, Auckland, v. 20, n. 2, p. 53-66, 1988.

https://doi.org/10.1111/j.1469-5812.1988.tb00144.x

LUDOVICO, F. M. et al. Covid-19: Desafios dos docentes na linha de frente da educação. Interfaces Científicas, Aracaju, v. 10, n. 1, p. 58-74, 2020.

https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v10n1p58-74

MANUAL DO MUNDO. Disponível em: . Acesso em 02 de ago. de 2020.

OLIVEIRA, A. A. Q.; CASSAB, M.; SELLES, S. E. Pesquisas brasileiras sobre a experimentação no ensino de Ciências e Biologia: diálogos com referenciais do conhecimento escolar. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 12, n. 2, p. 183-209, 2012.

PIMENTEL, A. O método da análise documental: seu uso numa pesquisa historiográfica. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 114, p. 179-195, 2001.

https://doi.org/10.1590/S0100-15742001000300008

REALE, M. V. Ciência em comunicação no Youtube brasileiro: Canal Manual do Mundo. In: INTERPROGRAMAS DE MESTRADO FACULDADE CÁSPER LÍBERO, 12, São Paulo. Anais eletrônico. São Paulo: Faculdade Cásper Líbero, 2016.

SILVA, L. R. C. et al. Pesquisa documental: alternativa investigativa na Formação docente. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 9; ENCONTRO SUL BRASILEIRO DE Psicopedagogia 3, Curitiba. Anais eletrônico, Curitiba: Pontifícia Universidade Católica do Paraná, 2009.

SOTO, W. A. R.; BARBOSA, R. H. Trabajos prácticos: una reflexión desde sus potencialidades. Góndola, Ensenãnza y Aprendizaje de las Ciencias, Bogotá, v. 10, n. 2, p. 16-33, 2015.

https://doi.org/10.14483/10.14483/udistrital.jour.gdla.2015.v10n2.a01

VECCHIA, S. A. D.; CARVALHO, A. L. Trabalho docente em sala de aula: interferências externas. Revista Educação, Santa Maria, v. 42, n. 2, p. 467-480, 2017.

https://doi.org/10.5902/1984644426751

ZORRILLA, E. G. et al. Análisis de trabajos prácticos de laboratorio elaborados por futuros docentes de Ciencias Naturales. Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, Bogotá, v. 14, n. 2, p. 286-302, 2019.

https://doi.org/10.14483/23464712.13750

Cómo citar

APA

Barros Colli, W., & Rotta, J. C. G. (2022). Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : . Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(2). https://doi.org/10.14483/23464712.18213

ACM

[1]
Barros Colli, W. y Rotta, J.C.G. 2022. Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : . Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias. 17, 2 (jun. 2022). DOI:https://doi.org/10.14483/23464712.18213.

ACS

(1)
Barros Colli, W.; Rotta, J. C. G. Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : . Góndola enseñ. aprendiz. cienc. 2022, 17.

ABNT

BARROS COLLI, W.; ROTTA, J. C. G. Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : . Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, [S. l.], v. 17, n. 2, 2022. DOI: 10.14483/23464712.18213. Disponível em: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18213. Acesso em: 25 jun. 2022.

Chicago

Barros Colli, Wanessa, y Jeane Cristina Gomes Rotta. 2022. «Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : ». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17 (2). https://doi.org/10.14483/23464712.18213.

Harvard

Barros Colli, W. y Rotta, J. C. G. (2022) «Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : », Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, 17(2). doi: 10.14483/23464712.18213.

IEEE

[1]
W. Barros Colli y J. C. G. Rotta, «Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : », Góndola enseñ. aprendiz. cienc., vol. 17, n.º 2, jun. 2022.

MLA

Barros Colli, W., y J. C. G. Rotta. «Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : ». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, vol. 17, n.º 2, junio de 2022, doi:10.14483/23464712.18213.

Turabian

Barros Colli, Wanessa, y Jeane Cristina Gomes Rotta. «Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : ». Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias 17, no. 2 (junio 15, 2022). Accedido junio 25, 2022. https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18213.

Vancouver

1.
Barros Colli W, Rotta JCG. Experimentação Didática E O “Manual Do Mundo” Na Visão De Professores De Ciências Naturais : . Góndola enseñ. aprendiz. cienc. [Internet]. 15 de junio de 2022 [citado 25 de junio de 2022];17(2). Disponible en: https://revistas.udistrital.edu.co/index.php/GDLA/article/view/18213

Descargar cita

Visitas

12

Dimensions


PlumX


Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.