El aprendizaje de la docencia, a partir de la construcción y desarrollo de una secuencia didáctica en ciencias, como práctica docente

Learning teaching, from the construction and development of a didactic sequence in science, as a pedagogical practice

  • Josiane de Cássia Zaneti Universidade Estadual Paulista
  • Bruna Carolina Mouro Universidade Estadual Paulista
  • Rosemary Rodrigues de Oliveira Universidade Estadual Paulista
Palabras clave: supervised practice, initial teacher education, meaningful learning (en_US)
Palabras clave: práctica docente, formación inicial de profesores, aprendizaje significativo (es_ES)

Resumen (es_ES)

El presente estudio se enmarca en una investigación cualitativa y se propone resaltar la importancia de la práctica docente en la formación inicial de profesores. Los datos fueron tomados de la experiencia de práctica docente de dos Estudiantes de licenciatura, al planear y aplicar una secuencia de actividades en una institución oficial del municipio de Jaboticabal, ubicado en el estado de São Paulo, Brasil. El estudio analiza las decisiones tomadas por las practicantes, al igual que las estrategias de enseñanza, en busca del aprendizaje significativo de sus estudiante.

Resumen (en_US)

This study is a qualitative research that aims to highlight the importance of supervised practice for initial teacher education. Data were obtained from the teaching experience of two undergraduate students, when they planned and implemented a sequence of activities in a public school from Jaboticabal, in São Paulo state, Brazil. The study discussed their choices and teaching strategies in pursuit of promoting meaningful learning of their student.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Josiane de Cássia Zaneti, Universidade Estadual Paulista
Programa de PósGraduação em Educação para a Ciencîa
Bruna Carolina Mouro, Universidade Estadual Paulista
Facultad de ciencias Agrarias y Veterinarias, departamento de Economia Rural.
Rosemary Rodrigues de Oliveira, Universidade Estadual Paulista
Facultad de ciencias Agrarias y Veterinarias, departamento de Economia Rural.

Referencias

BEJARANO, N. R. R.; CARVALHO, A. M. P. de. Professor de ciências novato, suas crenças e conflitos. Investigações em Ensino de Ciências. Porto Alegre, Brasil, v.8, n.3, dez. 2003, disponível em acessado 10 de Dic de 2010.

CARVALHO, A. M. P.; PÉREZ, D. G. Formação de professores de Ciências: tendências e inovações. São Paulo: Editora Cortez, 2001, 5ª ed. 120p.

CARVALHO, A. M. P.; VANNUCCHI, A. I.; BARROS, M. A.; GONÇALVES, M. E. R.; REY, R. C. Ciências no Ensino Fundamental. O conhecimento físico. 1.ed. São Paulo: Scipione. 1998.

CHARLOT, B. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Trad. Bruno Magne. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.

DÉBROUILLARDS, L. P. Os segredos da água. Tradução. Eric Roland René Heneault. Revista Mão na Ciência. [2004]. Original em Francês.

FINO, C. N. Vygotsky e a Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP): três implicações pedagógicas. Revista Portuguesa de Educação, São Paulo, v. 14, nº 2, p. 273-291. 2001

FREITAS, D. Mudança Conceitual em sala de aula: uma experiência com formação inicial de professores, 1998. (Dissertação de doutorado- Área de concentração Educação) - Faculdade de Educação da USP de São Paulo, 1998.

HERNÁNDEZ, J. M. F. Estrategias para la utilización de lãs ideas previas en la sistematización de los contenidos morfológicos veterinarios. Revista Pedagogía Universitaria v.7, n.4, p.52-60. 2002.

LEONI, V. B.; AZEVEDO, H. J. S. A interdisciplinaridade no fazer pedagógico na disciplina de Ciências: reflexões sobre a intervenção. Mitos e verdades sobre a raiva. [2003].

LOPES, A. O. Aula expositiva: Superando o Tradicional. IN: VEIGA, I. P. A. (Org.). Técnicas de Ensino: Por que não? 16.ed. Campinas: Papirus, 2005. cap.2, p.35-48.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em Educação: Abordagens qualitativas. 10. ed. São Paulo: EPU, 2007.

MOREIRA, M. A. A teoria da aprendizagem significativa de Ausubel. Enfoques teóricos. Porto Alegre. Originalmente divulgado, em 1980, na série “Melhoria do Ensino”, do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino Superior (PADES)/UFRGS, n°15. Publicada, em 1985, no livro “Ensino e aprendizagem: Enfoques teóricos”, São Paulo: Moraes, p. 61-73. Revisada em 1995.

MOREIRA, M. A. Aprendizagem significativa crítica. Atas do III Encontro Internacional sobre Aprendizagem Significativa, Lisboa, p.33-45, 2000.

OLIVEIRA, D. L. Considerações sobre o Ensino de Ciências. In: OLIVEIRA, D. L Ciências nas Salas de Aula Cadernos de Educação Básica. 4. ed. Porto Alegre, 1997, cap. 1, p.9-18.

PORLÁN, Rafael; RIVERO, Ana, El conocimiento de los profesores – uma proposta formativa em el área de ciencias. Colección: Investigación y Enseñanza, n. 8, 1 ed. Sevilla- España: Díada editorial, 1998, 213p.

ROSA, P. R. S. A Teoria de Vygotsky. Mato Grosso do Sul. [1996].

ROSA, C. W.; ROSA, A. B.; PECATTI, C. Atividades experimentais nas séries iniciais: relato de uma investigação. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencia. v.6. nº2. 2007.

SANTOS, S. A. O. Teorização dos docentes sobre a avaliação em artes plásticas. Ensaio: A avaliação Política Pública Educação v.12, n 45, 2004, p.981-994.

SANTOS, M.; FREITAS, D. A construção de saberes docentes por licenciandos e sua influência na identificação inicial com a profissão. São Carlos. [2009].

SOUZA, S. Z. Leitura e Fotossíntese: Proposta de Ensino Numa Abordagem Cultural. 2000. 313fs. (Dissertação de Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, Campinas, 2000.

TAVARES, R. Aprendizagem significativa e o ensino de ciências. Ciências & Cognição. vol. 13, p. 94-100, 2008.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. 3 ed., Rio de Janeiro: Cortez, 2006.

TOGNI, A. C. Aprendendo utilizando conhecimentos prévios. [2004].

ZABALA, A. A Prática Educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas, p.53-87, 1998.

Cómo citar
de Cássia Zaneti, J., Mouro, B. C., & Rodrigues de Oliveira, R. (2010). El aprendizaje de la docencia, a partir de la construcción y desarrollo de una secuencia didáctica en ciencias, como práctica docente. Góndola, enseñanza Y Aprendizaje De Las Ciencias, 5(2), 43 - 54. https://doi.org/10.14483/23464712.5214
Publicado: 2010-07-01
Sección
ARTÍCULOS